A satisfação com a vida, o bem-estar psicológico e o suporte social entre idosos institucionalizados e não institucionalizados

DSpace/Manakin Repository

A satisfação com a vida, o bem-estar psicológico e o suporte social entre idosos institucionalizados e não institucionalizados

Show full item record

Title: A satisfação com a vida, o bem-estar psicológico e o suporte social entre idosos institucionalizados e não institucionalizados
Author: Cardiga, Andreia Antunes
Abstract: Este estudo tem como objetivo verificar os níveis de satisfação com a vida, bem-estar psicológico e suporte social numa amostra de idosos institucionalizados e não institucionalizados. É constituído por uma amostra de 80 idosos, sendo 42 idosos institucionalizados e 38 não institucionalizados, em que 72,5% do género feminino e 27,5% do género masculino. Os instrumentos utilizados primeiramente para a recolha de dados, foram os seguintes: o questionário sociodemográfico, a SWLS- Escala satisfação com a vida constituída por 5 itens, adaptada por Simões (1992); PWBS- Escala de bem-estar psicológico constituída por 6 dimensões e 18 itens adaptada por Novo (2004); ESSS- Escala de satisfação com o suporte social constituída por 4 dimensões e 15 itens adaptada por (Ribeiro,1995). Relativamente aos resultados obtidos neste estudo, verificou-se que são os idosos não institucionalizados que apresentam valores mais elevados ao nível do bem-estar psicológico. Para as variáveis satisfação com a vida e suporte social não variam entre os idosos institucionalizados e não institucionalizados. Relativamente à idade, quanto mais novo maior é o nível de bem-estar psicológico. Por fim, não existe relação entre o tempo de permanência no lar e a satisfação com a vida.This study has the objective of verify the levels of satisfaction with life, phiscological well-beingand social support by a sample of institucionalized elderly and not institucionalized. It’s constituted by a sample of 80 elderly, being 42 elderly institucionalized ans 38 not institucionalized, 72,5% of them where females and 27,5% where males. The measuring instruments that was primary used for the data collection were as follows: the sociodemographic questionnaire, the Scale SWLS- life satisfaction consists of 5 items, adapted by Simões (1992); PWBS- psychological well-being scale consists of 18 items 6 and dimensions adapted by Novo (2004); ESSS- scale of satisfaction with social support consists of 4 dimensions and 15 items adapted by (Ribeiro, 1995). Relatively the results of this study, found that are not institutionalized elderly presenting higher values in terms of psychological well-being. For the variables life satisfaction and social support do not vary among institutionalized elderly and non-institutionalized. Pertaining to age, the less old are the ones with greater level of psychological well-being. Finally, there is no relationship between the time spent at home and satisfaction with life.
Description: Orientação: Bárbara Gonzalez
URI: http://hdl.handle.net/10437/7463
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação_Andreia_Cardiga_format 11-11.pdf 1.048Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account