Estudo da infeção por leishmania spp. numa colónia de gatos errantes da Ilha de Faro

DSpace/Manakin Repository

Estudo da infeção por leishmania spp. numa colónia de gatos errantes da Ilha de Faro

Show full item record

Title: Estudo da infeção por leishmania spp. numa colónia de gatos errantes da Ilha de Faro
Author: Pires, Maria Leonor Reis Fernandes de Lemos
Abstract: A leishmaniose é uma das parasitoses mais importantes em Portugal. Apesar do cão ser considerado o reservatório principal, tem-se observado um aumento do número de casos de leishmaniose na população felina. A leishmaniose felina é causada por um protozoário do género Leishmania. A espécie mais comum em gatos é Leishmania infantum sendo esta, até à data, única que afeta gatos em Portugal. A transmissão ocorre através de um inseto vetor, o flebótomo, que, quando infetado, pode transmitir a doença a um hospedeiro vertebrado, enquanto se alimenta. O objetivo principal do presente trabalho foi avaliar a presença de infeção por Leishmania spp. numa colónia de gatos errantes residentes na Ilha de Faro, através das técnicas de imunofluorescência indireta e PCR. A população em estudo foi constituída por 123 gatos. A estes animais foi feita a colheita de sangue periférico para pesquisa de anticorpos anti-Leishmania infantum em soro por imunofluorescência indireta e de DNA do parasita em sangue total por Reação em Cadeia da Polimerase. Os gatos tinham acesso permanente ao exterior, e cerca de 70% apresentavam algum tipo de sinais clínicos. Todas as amostras analisadas deram resultado negativo em ambas as técnicas. A realização deste projeto foi importante, pois, segundo o conhecimento da autora, foi o único feito numa península, apenas com acesso ao resto do continente por uma estrada, tendo constituído um contibuto para a compreensão da epidemiologia do parasita na região.Leishmaniosis is one of the most important parasitic diseases in Portugal. Although the dog is considered the main resevoir, it has been observed an increase in the prevalence of leishmaniosis in the cat population. Feline leishmaniosis is caused by a protozoan of the genus Leishmania. The most common species in cats is Leishmania infantum and, to this date, it´s the only species that affects cats in Portugal. Transmission occurs through a vector insect genus Phlebotomus, which, when infected, can transmit the disease to a vertebrate host, during its blood meal. The main objective of this work was to evaluate the presence of infection by Leishmania spp. in a stray cat colony that lives in Ilha de Faro, through indirect immunofluorescence assay and PCR techniques. The studied population consisted of 123 cats. Peripheral blood was collected to search for antibodies anti-Leishmania infantum by indirect immunofluorescence and parasite DNA from full blood by Polymerase Chain Reaction. All samples analyzed were negative for both techniques. The development of this project was important because, to the author´s knowledge, it was the only one made on a peninsula, with no access to the mainland except by a road, and contributed to a better understanding of the parasite´s epidemiology in the region.
Description: Orientação : Margarida Alves ; orientação externa : João Soares
URI: http://hdl.handle.net/10437/7429
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Maria Leonor Pires - com juri.pdf 1.125Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account