Caracterização dos comportamentos de tutores de animais de estimação numa amostra não probabilística

DSpace/Manakin Repository

Caracterização dos comportamentos de tutores de animais de estimação numa amostra não probabilística

Show full item record

Title: Caracterização dos comportamentos de tutores de animais de estimação numa amostra não probabilística
Author: Rebelo, Zélia Irina Lucas
Abstract: O presente estudo tem como objectivo caracterizar o comportamento dos tutores de animais utilizando uma amostra não-probabilística. Neste contexto, foi elaborado um questionário online conduzido entre Março de 2014 e Julho de 2014, que consiste em 31 questões relacionadas com as interações tutor-animal, resultou numa amostra total de 541 indivíduos. De acordo com os dados obtidos, a amostra populacional tem, em geral, um bom conhecimento de boas práticas relativas à responsabilidade da guarda de cães e gatos, fornecendo-lhes, portanto, as condições básicas para a prática da mesma; e um conhecimento satisfatório das questões relacionadas com a saúde animal. No entanto, existem alguns comportamentos que necessitam de atenção, nomeadamente: em relação às práticas de esterilização de acordo com a espécie, sexo e idade; o facto que, de acordo com os inquiridos, os baixos rendimentos mensais do agregado familiar influenciar as práticas de vacinação dos seus animais; o motivo da primeira consulta e das situações mais frequentes que conduzem a uma visita prática médico-veterinária; o rendimento mensal do agregado familiar e a regularidade da visita ao veterinário; o nível de alfabetização relativamente às zoonoses; crimes e comportamentos de risco (nomeadamente em matéria de alimentação de animais vadios). Para ajudar a corrigir e melhorar os problemas comportamentais dos tutores e as dificuldades de comunicação por parte dos médicos-veterinários, torna-se pertinente a criação de projectos que incluem acções que abordem temas como a educação contínua para uma guarda responsável e para o papel preponderante do médico veterinário na construção e desenvolvimento dessas acções.The present study aims to characterize the behaviour of pet owners using a non- probabilistic sample. In this context, an online questionnaire conducted between March 2014 and July 2014, consisting of 31 questions related to tutor-pet interactions that resulted in a total sample of 541 individuals, was conducted. According to the obtained data, the sample population has, in general, a fair knowledge of good practices regarding the responsibility of owning dogs and cats, therefore providing them with the basic conditions; and there is a satisfactory knowledge of animal health related issues. However, there are some behaviours that need attention, namely: neutering practices according to species, sex and age; the fact that low monthly income households can affect vaccination - according to respondents; the reason for the first visit and the most frequent situations leading to a veterinary practice visit; the monthly income of the household and the regularity of the visit to the veterinarian; the level of literacy relatively to zoonoses; offenses and risk behaviors (particularly with regard to feeding stray animals). To help correct and improve the behavioural problems and communication difficulties identified by both tutors and veterinarians it is deemed necessary to create projects that will address subjects such as continuous education for responsible ownership and the preponderant role of the veterinarian.
Description: Orientação : Nuno Cardoso ; co-orientação : Rui Onça
URI: http://hdl.handle.net/10437/7253
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View
Dissertação_Final.pdfzelia.pdf 1.173Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account