Contribuições na validação do teste de orientação de vida para a população portuguesa

DSpace/Manakin Repository

Contribuições na validação do teste de orientação de vida para a população portuguesa

Show full item record

Title: Contribuições na validação do teste de orientação de vida para a população portuguesa
Author: Jesus, Rogério Paulo Alves de
Abstract: A investigação na área da psicologia tem assistido a um aumento considerável de estudos centrados na psicologia positiva como fator preventivo e protetor da saúde mental. O presente estudo teve como objetivo estudar a estrutura fatorial do Teste de Orientação de Vida Estendido e as suas relações com outros constructos psicológicos, nomeadamente com a Satisfação com a Vida, com a Felicidade no Último Mês e com a Escala de Experiências Positivas e Negativas. Neste estudo participaram 267 indivíduos com idades compreendidas entre os 18 e os 66 anos. Para a recolha da amostra utilizaram-se um questionário de dados demográfico, a Escala de Satisfação com a Vida, o Termómetro da Felicidade no Último Mês, a Escala de Experiências Positivas e Negativas e a Escala de Otimismo e Pessimismo. Verificou-se que o otimismo e o pessimismo são dois constructos independentes e quanto às relações existentes entre o otimismo e o pessimismo com os outros constructos em estudo, estas são significativas. Observou-se que o Pessimismo obteve correlações positivas com as Experiências Negativas, e obteve correlações negativas com a Satisfação com a Vida, com a Felicidade no Último Mês e com as Experiências Positivas. Relativamente ao Otimismo, obteve correlações positivas com a Satisfação com a Vida, com a Felicidade no Último Mês e com as Experiências Positivas, e obteve correlações negativas com as Experiências Negativas.The research in the field of psychology has witnessed a considerable increase in focused studies on positive psychology as a preventive factor and protective mental health. This study aimed to investigate the factor structure of the Extended Life Orientation Test and its relations with other psychological constructs, in particular with the Satisfaction with Life, with Happiness in the Last Month, and with a Positive and Negative Experiences Scale. In this study participated 267 individuals, aged between 18 and 66 years. For the collection of the sample, we used a demographic data questionnaire, the Satisfaction with Life Scale, the Thermometer of Happiness at Last Month, the Positive and Negative Experiences Scale and the Scale Optimism and Pessimism. It was found that optimism and pessimism are two separate constructs, and about the relationship between optimism and pessimism with other constructs studied, these are significant. It was observed that the Pessimism has obtained positive correlations with Negative Experiences, and obtained negative correlations with the Satisfaction with Life, with Happiness in the Last Month and with the Positive Experiences. Relative to the Optimism, obtained positive correlations with the Satisfaction with Life, with Happiness in the Last Month and with the Positive Experiences, and obtained negative correlations with Negative Experiences.
Description: Orientação : Américo Baptista
URI: http://hdl.handle.net/10437/7210
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao.pdf 441.4Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account