Neuroreabilitação funcional em cães com lesão neurológica cervical

DSpace/Manakin Repository

Neuroreabilitação funcional em cães com lesão neurológica cervical

Show full item record

Title: Neuroreabilitação funcional em cães com lesão neurológica cervical
Author: Gonçalves, Filipa Inês Rodrigues
Abstract: As lesões neurológicas em cães podem ter inúmeras causas e ocorrer, por exemplo, na região cervical. Deste modo, podem ser afetados dois sistemas motores distintos e, qualquer um deles, pode comprometer gravemente a autonomia do animal Em ambos os casos, a neuroreabilitação funcional tem vindo a ser incluída nos seus planos de tratamento. Com a presente dissertação de mestrado pretendeu-se avaliar como é que o sucesso na reabilitação destes cães pode ser influenciado pelas características do animal doente, da doença que apresenta, do tipo de tratamento instituído e do tempo decorrido entre a lesão inicial e o início do plano de neuroreabilitação funcional. Perante os objetivos definidos, foi realizado um estudo clínico onde figuraram 22 cães com lesão neurológica cervical diagnosticada. Estes animais realizaram tratamento conservativo ou cirúrgico e foram, de seguida, sujeitos a um protocolo de neuroreabilitação funcional elaborado pelo Centro de Reabilitação Animal da Arrábida, tendo sido avaliados o tipo de lesão apresentada, as características dos doentes, os défices apresentados à entrada e à saída do Centro e o tempo decorrido entre a lesão e a entrada e saída do Centro. Os resultados obtidos mostraram não existirem diferenças significativas entre o tipo de sistema motor afetado e os défices apresentados ou o tempo de recuperação. Todavia, foi possível relacionar o tipo de tratamento com a etiologia, em que, genericamente, os casos congénitos e traumáticos foram maioritariamente sujeitos a tratamento conservativo, enquanto o tratamento cirúrgico foi preferido nos casos degenerativos e multifatoriais. Em relação aos défices à entrada do Centro e ao tipo de tratamento, verificou-se que a abordagem cirúrgica foi realizada na maioria dos doentes tetraparésicos não-ambulatórios, enquanto a abordagem conservativa foi realizada à maioria dos animais tetraplégicos ou com outros défices neurológicos, aquando a sua entrada no Centro. Concluiu-se, assim, que a NRF teve um papel primordial na recuperação destes doentes, permitindo, a 72,8%, o retorno à funcionalidade e devolvendo-lhe a autonomia, evitando-se um desfecho mais radical.Neurologic lesions in dogs may have countless causes and can occur, for example, in cervical region. Two different motor systems can be affected and, either one, can seriously compromise the animal’s autonomy. In both cases, functional neurorehabilitation has been included in these cases treatment plan. In the present master dissertation, we aimed to evaluate how the success in the rehabilitation of these animals can be influenced by the dog’s characteristics, the disease, the type of treatment and the time elapsed between the initial lesion and the start of the functional neurorehabilitation. A clinical study was performed, with 22 dogs with diagnosed cervical neurologic lesion. Conservative or surgical treatment was performed and the dogs were subjected to a functional neurorehabilitation protocol, elaborated at the Centro de Reabilitação Animal da Arrábida, where the type of lesion, patient characteristics, deficits presented at the entrance and exit from the Center and time elapsed between the lesion and the entrance and the exit of the Center, were evaluated. There were no significant differences between the affected motor systems and the deficits presented or recovery time. Still, the type of treatment was related with etiology, where, generally, congenital and traumatic cases have been submitted to conservative treatment, while surgical treatment was mostly performed in degenerative and multifactorial cases. In concerning to deficits at the entrance of the Center and the type of treatment, surgical management was mostly applied in non-ambulatory tetraparesic patients, while conservative management was mostly performed in tetraplegic dogs or with other neurologic deficits. We conclude that functional neurorehabilitation had a primary role in this patient’s recovery, allowing 72,8% returning to functionality and regain autonomy, avoiding a more radical outcome.
Description: Orientação : Maria Margarida Ferreira Alves ; co-orientação : Ângela Paula Neves Rocha Martins
URI: http://hdl.handle.net/10437/7034
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Filipa Ines Rod ... - ULHT - FMV - Lisbo~1.pdf 1.365Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account