A construção e arquitetura sustentável em Cabo Verde: habitação unifamiliar em Santiago

DSpace/Manakin Repository

A construção e arquitetura sustentável em Cabo Verde: habitação unifamiliar em Santiago

Show full item record

Title: A construção e arquitetura sustentável em Cabo Verde: habitação unifamiliar em Santiago
Author: Centeio, Rider Amadeu Gonçalves
Abstract: A presente dissertação incide sobre o tema construção e arquitectura sustentável em Cabo Verde. Foi feita uma análise sobre a construção vernácula, a construção actual e as tendências contemporâneas. A partir da década de 50, com o êxodo rural, a construção nos centros urbanos e não só tem sido um dos sectores que mais cresce em Cabo Verde, trazendo consigo problemas em todos os centros urbanos no país. Este crescimento gerou também maior pressão sobre os recursos existentes e impactes negativos a vários níveis. Deste modo, se requer pensar em estratégias para se tentar minimizar o défice habitacional existente em Cabo Verde, os problemas causados pela má gestão dos recursos e consequentemente da habitação. Tem que se pensar numa arquitetura mas inclusiva e sustentável com vista à camada mas desfavorecida e ao contexto climático e socioeconómico de Cabo Verde. Sendo um pais insular sem muitos recursos económicos, todo o material de construção importado chega a um preço elevado, daí a necessidade duma construção mas sustentável e racional, sem priorizar os aspectos estéticos mas sim em proveito da qualidade e do conforto interior dos edifícios, no aproveitamento das condições climatéricas e dos recursos naturais renováveis para a construção. Pretende-se com isso minimizar o impato da construção no local onde se insere, reduzir o custo da construção e de manutenção durante o seu ciclo de vida. As estratégias de construção sustentáveis são diversas, e simples opções a tomar na fase do projecto podem garantir uma boa construção. Foi proposto um modelo de habitação unifamiliar para o meio rural que resolvesse os problemas de execução, custos e organização, mantendo a correta utilização dos espaços, de acordo com os hábitos dos moradores, sem denegrir o conforto ambiental e a qualidade da construção. Apresentamos também soluções construtivas a baixo custo empregando materiais e técnicas que possibilitam ou garantem a qualidade da construção, a necessidade de aproveitar os recursos naturais trazendo assim benefício social, bem-estar e qualidade da habitação, Tais estratégias como o sombreamento dos vãos e fachadas o recuo dos vãos, criação do beirados, utilização de espécies vegetais, pérgulas, portadas exteriores, foram utilizadas para minimizar os ganhos solares no interior do edifício. Tudo pensado e definido tendo em consideração o movimento solar, a direcção dos ventos predominantes, a privacidade, o conforto, etc. Foram também revistos sistemas de recolha de águas pluviais, e painéis solares para colmatar a deficiente distribuição de água e electricidade neste país.This research focuses the construction under a sustainable architecture in Cape Verde. An analysis of the vernacular architecture and the current construction as contemporary trends. From the 50s, with the rural exodus, the construction in urban centers and country has been one of the fastest growing sectors in Cape Verde, bringing with it problems in all urban centers. This growth also leds to increase the pressure upon existing resources and negative impacts on several levels. Thus, it is required to think about strategies in order to minimize the existing housing deficit in Cape Verde, and the problems caused by the poor management of resources and consequently housing. We must think architecture most adequate to the poor and the disadvantaged, the climate conditions and social relationships. As an architecture without many economic resources, all the building materials imported are very expensive, hence the need for a sustainable and rational construction but without prioritizing the aesthetics but for the benefit of the quality and comfort of buildings, and take advantage of the weather and renewable natural resources for construction. It aims to minimize the impact of construction on the site, reduce the construction and maintenance costs during its life cycle. Sustainable building strategies are diverse, and simple choices made at the planning phase can ensure good construction One-family house model for rural areas to contribute the problems of execution, costs and organization is proposed, maintaining the correct use of spaces, according to the habits of the residents, without spoil the environmental comfort and the quality of construction. Also constructive solutions at low cost are proposed using materials and techniques that enable or guarantee the quality of construction, the need to use natural resources thus bringing social benefits, welfare and quality of housing. The strategies for shading the openings and facades, the use of the eaves, adequate green species and pergolas, all well as exterior shutters minimize solar gains inside the building. The projects take into account the solar movement, the direction of prevailing winds, the privacy, etc. A rainwater collection system as beam also projected as well as solar panels to minimize the lack of water distribution and the grid defaults in this country.
Description: Orientação: António Santa-Rita
URI: http://hdl.handle.net/10437/6936
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View Description
A CONSTRUÇÃO E ... NIFAMILIAR EM SANTIAGO.pdf 2.724Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account