Avaliação neuropsicológica e estimulação cognitiva na toxicodependência

DSpace/Manakin Repository

Avaliação neuropsicológica e estimulação cognitiva na toxicodependência

Show full item record

Title: Avaliação neuropsicológica e estimulação cognitiva na toxicodependência
Author: Correia, Teresa Santana
Abstract: O consumo de drogas psicoativas está relacionado com deterioração das funções neuropsicológicas, nomeadamente das funções executivas. O objetivo deste trabalho é verificar o impacto de um PEC no desempenho cognitivo de utentes do Gabinete de Apoio Fixo ao Toxicodependente, em Programa de Substituição de Opiáceos de Baixo Limiar de Exigência. Foram avaliados através de uma longa bateria de testes neuropsicológicos, permitindo assim avaliar domínios como a atenção, memória, funções frontais, tomada de decisão e flexibilidade cognitiva. Esta mesma bateria foi aplicada novamente após aplicação do PEC, de forma a verificar o seu impacto. As sessões de estimulação cognitiva tiveram a duração de 50 minutos, sendo realizada 3 vezes por semana, indo de 10 sessões a 20 sessões. A amostra é constituída por 85 sujeitos (76 do sexo masculino e 9 do sexo feminino) como uma média de idades de 42,46 (DP=7,35) dos quais 7 aderiram ao PEC e foram posteriormente reavaliados. Os resultados revelaram diferenças estatisticamente significativas entre os dois momentos da avaliação neuropsicológica. Conclui-se que existem melhorias das funções frontais nomeadamente na tomada de decisão e na flexibilidade cognitiva e ainda na memória auditiva após aplicação do PEC. Desta forma, é imperativo desenvolver programas desta natureza contribuindo para a qualidade de vida de sujeitos consumidores de substâncias ilícitas.Drug usage is clearly related to deterioration of neuropsychological functions, specifically the executive functions. The aim of this study is to assess the impact of a cognitive stimulation program on the cognitive performance of subjects in a methadone replacement program. Participants were evaluated through a long battery of neuropsychological tests, evaluating capabilities such as attention, memory, frontal functions, decision making and cognitive flexibility. This same battery was later applied after the program’s application in order to verify the impact. The cognitive stimulation sessions lasted 50 minutes, three times a week, going from 10 sessions to 20 sessions. The sample consisted of 85 subjects (76 male and 9 female) with a mean age of 42.46 (SD = 7.35) of which 77 were evaluated only once and 8 were reassessed. Only 7 have participated in the program and were properly reassessed. The results revealed a statistically significant difference between the two moments of neuropsychological assessment. Results suggests improvements in frontal functions specifically decision making and cognitive flexibility and also in auditory memory. Thus, it is necessary to promote and develop such programs to improve the life’s quality of subjects that consume illicit substances
Description: Orientação: Jorge Oliveira
URI: http://hdl.handle.net/10437/6864
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação_TERESASANTANACORREIA.pdf 1.106Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account