Avaliação da relação entre o estilo de vida e a presença de IgE em cinquenta e sete cães com dermatite atópica em Portugal

DSpace/Manakin Repository

Avaliação da relação entre o estilo de vida e a presença de IgE em cinquenta e sete cães com dermatite atópica em Portugal

Show full item record

Title: Avaliação da relação entre o estilo de vida e a presença de IgE em cinquenta e sete cães com dermatite atópica em Portugal
Author: Marques, Susana Isabel dos Santos
Abstract: A dermatite atópica canina é uma doença alérgica de carácter crónico, que afeta a qualidade de vida dos animais e dos seus proprietários. O presente estudo tem como objetivo investigar os alergénios mais frequentemente envolvidos no desenvolvimento de dermatite atópica e avaliar a sua relação com o estilo de vida do animal. Com esse intuito, foram analisados retrospetivamente cinquenta e sete casos de cães diagnosticados com esta doença e avaliados por testagem serológica. Concluiu-se que os alergénios ambientais mais frequentemente identificados foram os ácaros e pólenes. Os ácaros que apresentaram maior destaque foram os de armazenamento, o Tyrophagus putrescentiae e o Acarus siro. Os pólenes identificados com maior número de reações positivas foram os de ervas daninhas e gramíneas, mais especificamente o Rumex crispus, Cynodon dactylon, Lolium perenne, Artemisia vulgaris, Chenopodium album e Ambrosia elatior. Os fungos foram os aeroalergénios com menor relevância, tendo o Aspergillus niger e o Penicillium notatum sido identificados como os responsáveis pelo maior número de aumentos de IgE. Foi também analisada a associação entre o aumento de IgE relativa a cada categoria de alergénios e o estilo de vida dos animais, não tendo sido possível verificar a presença de uma relação direta entre as variáveis.The canine atopic dermatitis is an allergic disease of chronic character, which affects the quality of life of animals and their owners. The present study aims to investigate the allergens most frequently involved in the development of atopic dermatitis and evaluate its relationship with the animal’s lifestyle. With that purpose, were analyzed retrospectively fifty-seven cases of dogs diagnosed with this disease and assessed by serological testing. It was concluded that the most frequently identified environmental allergens were mites and pollens. Mites that showed most notably were the storage mites, Tyrophagus putrescentiae and Acarus siro. Pollens identified with the most positive reactions were the weeds and grasses, more specifically the Rumex crispus (sorrel), Cynodon dactylon (bermuda grass), Lolium perenne (ryegrass), Artemisia vulgaris (mugwort), Chenopodium album (lambs quarter) and Ambrosia elatior (short ragweed). Molds were the aeroallergens with less relevance, and the Aspergillus niger and Penicillium notatum been identified as responsible for the largest number of IgE increases. Was also analyzed the association between increased IgE for each category of allergens and the lifestyle of the animals, but was not possible to verify the presence of a direct relationship between the variables.
Description: Orientação : Daniel Murta ; co-orientação : Ana Margarida Oliveira ; responsabilidade externa : Nuno Palma
URI: http://hdl.handle.net/10437/6796
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View Description
TESE MESTRADO I ... ERINÁRIA (FMV-ULHT)[2].pdf 1.086Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account