Obesidade infantil: relação com a alimentação, atividade física e comportamentos sedentários

DSpace/Manakin Repository

Obesidade infantil: relação com a alimentação, atividade física e comportamentos sedentários

Show full item record

Title: Obesidade infantil: relação com a alimentação, atividade física e comportamentos sedentários
Author: Cruz, Maria Joana de Sousa Mendes Alves
Abstract: Na presente dissertação o primeiro objetivo foi analisar, através de uma revisão sistemática da literatura (RSL), o impacto de programas de intervenção em contexto escolar nos comportamentos sedentários (CS) e alimentação das crianças. O segundo objetivo foi comparar a alimentação, a atividade física (AF) e os CS de crianças de acordo com o seu IMC. Para a RSL foi efetuada uma pesquisa, seguindo a abordagem do modelo PICOS. Numa segunda fase realizou-se um estudo transversal com 248 crianças, divididas em 3 grupos: normoponderais, excesso de peso e obesidade. O primeiro estudo resultou na inclusão de 9 artigos que avaliaram o impacto dos programas de intervenção na alimentação e nos CS. A RSL encontra-se limitada pela quantidade de estudos existentes, contudo a evidência aponta para um impacto positivo de programas de intervenção em contexto escolar. No estudo transversal encontrámos relação entre peso normal e AF vigorosa (F(2,197) = 6.31, p =.002), bem como, comportamentos alimentares menos saudáveis nas crianças obesas. Verificámos correlações positivas entre AF vigorosa, tempo de ecrã e a ingestão de alimentos de elevada densidade energética. Este estudo realçou a importância do comportamento alimentar e da AF vigorosa na prevenção da obesidade infantil.The present thesis had as its primary goal to analyze, through a systematic review of literature (SRL), the impact of school-based intervention programs in sedentary behaviors (SB) and diet of children. The second objective was to compare the nutrition, physical activity (PA) and SB of children according to their BMI. For SRL has done a research, following the approach of the PICOS model. In a second phase we conducted a cross-sectional study with 248 children, divided into 3 groups: normal weight, overweight and obesity. The first study resulted in the inclusion of 9 articles that assessed the impact of intervention programs on diet and CS. The SRL was limited by the amount of existing studies, but the evidence assumes a positive impact of school-based programs in the intervention groups. In cross-sectional study we found a relationship between normal weight and vigorous PA (F (2,197) = 6.31, p = .002) and less healthy eating behaviors in overweight children. We found positive correlations between vigorous PA, screen time and foods with high energy density. This study highlighted the importance of eating behavior as well as the vigorous PA in preventing childhood obesity.
Description: Orientação: António Labisa Palmeira
URI: http://hdl.handle.net/10437/6123
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
JoanaMendesCruz_Dissertação_MestradoEBE2014.pdf 4.333Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account