Da Carl Schmitt a Niccolò Machiavelli. La Politica o il Pessimismo Antropologico

DSpace/Manakin Repository

Da Carl Schmitt a Niccolò Machiavelli. La Politica o il Pessimismo Antropologico

Apresentar o registro completo

Título: Da Carl Schmitt a Niccolò Machiavelli. La Politica o il Pessimismo Antropologico
Autor: Santos, João de Almeida
Resumo: 1513-2013. Quinhentos anos de Il Principe , de Maquiavel, são boa ocasião para relembrar que o Secretário florentino deu o pontapé de saída para o arranque da ciência política. Chamou-a à terra, procurou racionalmente encontrar um ponto de observação que lhe permitisse compreender os comportamentos dos homens em sociedade e, em particular, nas suas relações com o poder de um príncipe. Partiu de uma antropologia pessimista ancorada numa natureza hu - mana complexa, volúvel e instável e verificou que uma razão política estrategi - camente orientada deve seguir com atenção as ondulações do comportamento humano se quiser atingir os seus objetivos. Também se pode dizer que tornou explícito aquilo que o realismo político há muito vinha praticando sem plena autoconsciência e sem sistematização. Carl Schmitt ancorou nele essa ideia de que a política só progride lá onde há pessimismo antropológico e onde, claro, a política procura administrá-lo da forma mais eficaz. Maquiavel retirou à política a ganga teológica e moral, devolvendo-a pragmaticamente aos exercícios da ra - zão instrumental ao serviço do governo eficaz. E foi por isso que chegou longe, apesar de tantos clássicos do pensamento, designadamente italiano, o terem incompreensivelment esquecido1513-2013. Five hundred years of Machiavelli’s Il Principe are a good occasion to remember that the Florentine Secretary gave the kick-off for the start of po - litical science. Calling it to the ground, he tried to rationally find a vantage point that would allow him to understand the behaviour of men in society and parti - cularly in its relations with the power of a prince. He started from a pessimistic anthropology anchored in a complex, volatile and unstable human nature and verified that, to achieve its objectives, a strategically oriented political reason must follow the ripples of human behaviour closely. One can also say that he made explicit what without full self-consciousness and without systematization political realism had long been practicing. Carl Schmitt anchored in him the idea that politics can only progress where there is anthropological pessimism and in which, of course, politics seek to manage it most effectively. Machiavelli with - drew theological and moral principles from politics, pragmatically returning it to the exercise of instrumental reason. And that is why he has gone so far, althou - gh so many Italian thinkers have incomprehensibly forgotten him
URI: http://hdl.handle.net/10437/6088
Data: 2013


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
res_13_03.pdf 157.6Kb PDF Visualizar/Abrir Artigo

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta