Estudo da Dorsalgia em equinos do Exército em Mafra

DSpace/Manakin Repository

Estudo da Dorsalgia em equinos do Exército em Mafra

Show simple item record

dc.contributor.advisor Borges, João Paulo Gonçalves, orient.
dc.contributor.author Mieiro, António Maria Gomes Petra Marques
dc.date.accessioned 2014-05-23T14:39:39Z
dc.date.available 2014-05-23T14:39:39Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/4807
dc.description Orientação : João Borges ; co-orientação : Rita Fonseca pt
dc.description.abstract O cavalo é um animal com grande capacidade física, com uma estrutura óssea e uma estrutura muscular bastante desenvolvidas. A coluna vertebral dos equinos é constituída por 7 vértebras cervicais, 18 torácicas, 6 lombares, 5 sagradas e 15-21 coccígeas. O movimento do cavalo é o resultado da soma do movimento de cada vértebra individualmente, cujo é restrito devido à presença de várias estruturas que as rodeiam, como músculos, ligamentos, junções intervertebrais e costelas, e que pode ser estudado através da biomecânica. Assim, este trabalho foi realizado numa tentativa de melhor entender como funciona biomecanicamente o dorso dos cavalos e de quais os factores de risco para a ocorrência de uma condição patológica, sendo o principal objectivo determinar os factores de risco para a dorsalgia, bem como a sua frequência de ocorrência, de acordo com: idade, sexo, tipo de trabalho e raça. Este estudo teve como base uma amostra de 9 indivíduos que se apresentaram à consulta com anamnese de dorsalgia, durante 8 meses de estágio no Centro Militar de Educação Física e Desportos – CMEFD. Nestes cavalos, foi efectuado um exame físico completo, fazendo um exame de claudicação normal (Anexo A), seguindo-se a palpação e manipulação do dorso. Posteriormente, foram feitos exames complementares de diagnóstico: radiologia e ecografia, tendo sido possível diagnosticar a lesão subjacente em alguns deles. Dos resultados do presente trabalho, a idade, o sexo e a raça não se apresentam como factores de risco para a dorsalgia. Ao contrário, o tipo de trabalho mostrou ter influência na mesma, sendo os cavalos de Ensino os mais afectados. No entanto, foram encontradas várias alterações, tanto à radiologia como à ecografia, compatíveis com certas dorsopatias como o conflito dos processos espinhosos – „kissing spine syndrome‟, e desmite do ligamento supraespinhoso. pt
dc.description.abstract The horse is an animal with great physical ability, with a well-developed bone and strong muscle structures. The spine of horses consists of 7 cervical vertebrae, 18 thoracic, 6 lumbar, 5 sacral and 15-21 coccygeal sacred vertebrae. Each individual intervertebral movement contributes to the sum of the horse‟s movement, which is conditioned by the presence of various structures surrounding them such as muscles, ligaments, articular vertebral process and ribs. As all these movement interactions are studied on biomechanics, this work was undertaken to attempt a better understanding on how the back of the horses works biomechanically, and which are the risk factors associated to a pathological condition. Thus the primary objective of the present work was to determine the risk factors on back pain, as well as their frequency of occurrence, according to age, sex, physical activity and breed. This study was based on a sample of 9 individuals who had consulted with a history of back pain for 8 months of an internship in Centro Militar de Educação Física e Desportos – CMEFD. In these horses was made a complete physical examination, starting with a normal lameness exam (Appendix A), followed by palpation and manipulation of the dorsum. Following, radiology and ultrasound exams were realized, and whenever possible a diagnosis was made in some of the patients. Results of the present study showed that age, sex and breed do not present a risk factor for horses with back pain. However, the discipline was shown to have an influence, with Dressage horses to be most affected. Kissing spine syndrome and supraspinous ligament desmitis were the principal back problems found on our population. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject VETERINÁRIA pt
dc.subject EQUÍDEOS pt
dc.subject EQUIDS en
dc.subject DORSALGIA pt
dc.subject MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject BACK PAIN en
dc.subject CAVALOS pt
dc.subject HORSES en
dc.subject MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject VETERINARY MEDICINE en
dc.title Estudo da Dorsalgia em equinos do Exército em Mafra pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201339560


Files in this item

Files Size Format View
Dorsalgia AMM.pdf 2.109Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account