“O Porto é só uma maneira de me refugiar na tarde”

DSpace/Manakin Repository

“O Porto é só uma maneira de me refugiar na tarde”

Show simple item record

dc.contributor.author Oliveira, António
dc.date.accessioned 2014-01-31T16:05:48Z
dc.date.available 2014-01-31T16:05:48Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.issn 1646-3730
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/4615
dc.description.abstract Eugénio de Andrade viveu cinquenta e cinco anos na cidade do Porto e, como ser social, deambulou nos lugares exteriores desta cidade, descobrindo e fazendo descobrir, através dos seus escritos em prosa, a beleza irrecusável de uma cidade pitoresca e inscrita no tempo desde Fernão Lopes até aos escritores mais recentes. A partir desses lugares exteriores, e alimentado por uma experiência de vida e por uma visão artística, ele metamorfoseou os lugares exteriores em lugares íntimos a partir da magia que lhe outorga a palavra poética. Servindo-se da experiência do ser social, o ser criador desce, deste modo, às profundezas da alma e cria um espaço poético cheio de emoções anódinas que purgam as obsessões e as carências do ser social. Assim, e graças à criação poética, os nomes dos lugares do Porto deixam de ser topónimos para serem catalizadores de memórias e de referências. Os espaços geográficos do Porto passam a ser lugares de uma geografia imaginária que as impressões do ser criador suscitam. Depois de sublimar vários espaços da cidade, Eugénio acabou por criar o seu espaço poético no Passeio Alegre onde deixou a sua herança à única herdeira que é a cidade do Porto pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.publisher Edições Universitárias Lusófonas pt
dc.rights openAccess
dc.subject ANDRADE, EUGÉNIO DE pt
dc.subject PORTO pt
dc.subject OPORTO pt
dc.subject LITERATURA PORTUGUESA pt
dc.subject PORTUGUESE LITERATURE pt
dc.title “O Porto é só uma maneira de me refugiar na tarde” pt
dc.type article pt


Files in this item

Files Size Format View
o_porto_e_so_um ... e_me_refugiar_na_tarde.pdf 356.8Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account