Integração do elemento vegetal no edificado

DSpace/Manakin Repository

Integração do elemento vegetal no edificado

Show full item record

Title: Integração do elemento vegetal no edificado
Author: Simões, Eduardo Jorge
Abstract: Esta dissertação é muito mais do que um trabalho sobre ajardinamento de edifícios, pois pretende-se que seja uma ferramenta de ajuda em benefício da transformação de milhares de metros quadrados, das coberturas e das fachadas, muitas vezes negligenciados, em espaços verdes públicos beneficiando, não somente, os promotores imobiliários mas, acima de tudo os seus ocupantes e usufrutuários, que desta forma podem tirar partido de novos espaços de estar, ao ar livre. Enquanto a cidade, ao nível térreo, apresenta um aumento de tráfego rodoviário, com inegável poluição e confusão, é possível, desta forma, usufruir de um espaço aberto. Esta dissertação procura estudar os edifícios que já integram o elemento vegetal no seu conceito e que sejam um sucesso na forma como usam o elemento vegetal, de modo a divulgar as técnicas de construção, entender as decisões dos projectistas e o impacto nos utilizadores que habitam e usufruem dos espaços – Análise-Pós-Ocupação. Esta dissertação pretende demonstrar o quanto é importante que as cidades apresentem espaços verdes para uso da população. As zonas verdes existentes nas cidades são inequivocamente um importante indicador da qualidade ambiental existente nessas mesmas cidades. As coberturas e fachadas verdes arrefecem os edifícios, capturam e filtram as águas da chuva, proporcionam habitat à vida selvagem, reduzem o efeito de estufa das cidades, proporcionam uma preciosidade estética, uma experiência recreativa e por vezes comida, para os habitantes das cidades. Pretende-se assim, focar os benefícios humanos, sociais e naturais que se obtêm ao introduzir vegetação nas paredes, terraços, pátios e coberturas dos edifícios. Assim foi considerado útil usar uma metodologia para também analisar o tipo de espécies usadas nos estudos de caso, e determinar a necessidade de uma ferramenta para que a selecção vegetal respeite critérios de biodiversidade e melhor adaptabilidade aos ecossistemas locais, sabendo de antemão que não podem nem pretendem substituir os habitats naturais, que as cidades também podem e devem apresentar.This thesis is much more than a work on landscaping of buildings, it is related to the benefit of the transformation of thousands of square meters of roofs and facades, often neglected, in public green spaces benefiting not only the real estate promoters, but above all its occupants and usufructuarys, who in such way can be privileged with new outdoors spaces. While the city on the ground floor features an increase in road traffic, with undeniable pollution and confusion, it is possible this way enjoy an open space. This thesis seeks to disclose more information about the buildings that comprise the vegetable elements in its concept, and they are a success in how they use the vegetable elements in order to disseminate the construction techniques, the reason of the decisions of Architects and the final result of these proposals on people, who inhabit and usufruct the spaces – post-occupancy analysis. This thesis demonstrates how it is important that cities have green spaces for use of the population. The existing green zones in cities are clearly an important indicator of environmental quality existing in those cities. The green coverings and green façades cool the buildings, capture and filter the rainwater, provide habitat for wildlife, reduce the greenhouse effect of cities, provide a aesthetic preciousness and a recreational experience, and sometimes food, for the inhabitants of cities. The aim is to focus on the human, natural and social benefits that acour when introducing vegetation on the facades, terraces, courtyards and roofs of buildings. So it was considered useful to use a methodology to also analyze the type of species used in the case studies, and determine the need for a tool that respects the selection criteria for plant biodiversity and better adaptability to the local ecosystem, knowing beforehand that those cannot and are not intended to replace the natural habitats which the cities can and should provide
Description: Orientação: Maria Inês Cabral
URI: http://hdl.handle.net/10437/4149
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View Description
Eduardo Simões.pdf 10.52Mb PDF View/Open Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account