O direito de ser diferente dos alunos com deficiência em uma universidade brasileira : análise de fatos e da concepção deste corpo discente

DSpace/Manakin Repository

O direito de ser diferente dos alunos com deficiência em uma universidade brasileira : análise de fatos e da concepção deste corpo discente

Show full item record

Title: O direito de ser diferente dos alunos com deficiência em uma universidade brasileira : análise de fatos e da concepção deste corpo discente
Author: Cunha, Nilton Pereira da
Abstract: O direito ao acesso à educação escolar compreende-se como alicerce para que a pessoa com deficiência possa verdadeiramente tornar-se um cidadão na construção dos ideários democráticos, participação na vida econômica e política. Dados apresentados pelo IBGE sobre o aspecto educacional das pessoas com deficiência no ensino superior é bastante preocupante. Mediante Censo realizado pelo MEC, alunos com deficiência matriculados nas universidades representam apenas 0,1% do total. A CR/1988 instituiu o Estado Democrático de Direito, cuja implementação fática está condicionada à busca de uma igualdade substancial, onde o acesso à educação é uma ferramenta e um direito fundamental para emancipação social, cultural, e econômica, inclusive, desse segmento e na tutela da dignidade humana. Ações afirmativas fazem-se necessárias a essas pessoas, no sentido de corrigir desigualdades, balizada pela educação inclusiva que concatena com a ideia de universidade inclusiva e de uma sociedade também inclusiva, caminhando justamente na intenção de corrigir desigualdades de oportunidades, buscando dirimir a ótica excludente do atual estágio social. Este estudo analisa fatos e concepções dos alunos com deficiência e de um docente da UFPE, sob a ótica de que a educação escolar inclusiva constitui paradigma educacional fundamentado na concepção de que igualdade e diferença são valores indissociáveis na construção de uma sociedade mais justa e solidária.The right of access to school education is understood as the foundation for the disabled person can truly become a citizen in the construction of democratic ideals, participation in economic and political life. Data presented by IBGE on the educational aspect of people with disabilities in higher education is quite worrying. Census conducted by the Ministry of Education, students with disabilities in universities represent only 0,1% of the total. The CR/1988 establishing a Democratic State, whose implementation is subject to factual pursuit of substantive equality, where access to education is a fundamental right and a tool for social change, cultural, economic, inclusively, and this segment and the safeguarding of human dignity human. Affirmative actions are necessary to these persons in order to correct inequalities, guided by inclusive education which links the university with the idea of an inclusive and inclusive society, too, just walking in the intention to correct inequalities of opportunities, seeking to resolve optical exclusionary the current social stage. This study analyzes the facts and design of handicapped students and of a teacher of UFPE, from the perspective of that education is inclusive education paradigm based on the idea that equality and difference are intrinsic values in building a more just and caring society.
Description: Orientação : Manuel Tavares Gomes
URI: http://hdl.handle.net/10437/4071
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View
Nilton Cunha - Dissertação.pdf 3.235Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account