As migrações : uma leitura política e uma visão humanista

DSpace/Manakin Repository

As migrações : uma leitura política e uma visão humanista

Show full item record

Title: As migrações : uma leitura política e uma visão humanista
Author: Barroso, Maria Beatriz de Sousa Dias Ferreira
Abstract: Ao ter como base geral de pesquisa – A Europa diante do fenómeno migratório - a procura de uma nova Humanização – o objectivo deste trabalho consistiu na análise de algumas formas de manifestação e do impacto deste fenómeno nas sociedades democráticas inseridas nesse espaço. A consciência que as migrações têm seguido a história do mundo e as civilizações e que a sua análise permite avaliar o destino de seres humanos que partem em busca de soluções para as suas vidas. A convicção que a configuração das migrações tem um amplo significado social, cultural e económico e que uma política de imigração fechada, repressiva ou redutora do seu verdadeiro significado pode dividir a Humanidade. O receio que gera a continuidade de uma visão unilateral do Mundo e o esquecimento das condições existenciais difíceis de alguns países de emigração. A renúncia de alguns em escutar um discurso carecido de autenticidade e em apoiar um diálogo comprometido com alguns pressupostos ideológicos pouco claros. O desejo de participar na denúncia da propagação de atitudes facilitadoras dos sentimentos racistas e xenófobos. O repúdio pelo desnorteamento ontológico traduzido pela defesa de certas atitudes persecutórias infringidas aos imigrantes clandestinos. A adopção de uma política basicamente norteada pelo controlo das fronteiras e pela exploração económica dos imigrantes. A indignação pelo esquecimento ou negligência na vigilância e aplicação dos direitos fundamentais, em concreto, o direito ao uso da liberdade, a uma vida familiar normal, situações que lesam muitos. Foram, em suma, as razões que motivaram o trabalho. Porque, igualmente o exercício da cidadania e a inserção num espaço mundial em transformação requerem a actualização da leitura das relações dos homens entre eles e com as formas espaciais; porque o papel dos imigrantes na economia contemporânea é sentido como algo fundamental, e também a importância do seu lugar na estratégia de um desenvolvimento sustentável deve ser demonstrada e respeitada, desejou-se partilhar com outros a oportunidade de defender a participação colectiva sob princípios e premissas mais humanistas, e considerados fundamentais, para a construção de uma política de imigração digna, mais abrangente e indutora de pontes abertas e não de áreas amuralhadas.Based on general research - Europe ahead of the migratory phenomenon, the search for a new humanization –the aim of this work was to investigate some forms of manifestation and impact of this phenomenon in democratic societies installed in that space. The awareness that migration has accompanied world history and civilizations and that its analysis allows to evaluate the fate of human beings who leave in search of solutions for their lives. The certainty that the configuration of migration has a broad social significance, cultural and economic development and the adoption of an immigration policy unto itself, repressive and reductive of its true meaning is to divide humanity. The fear generated by the continuation of one-sided view with regard to countries of emigration. The refusal not to hear a speech lacked authenticity and to support a dialogue with committed ideological assumptions and opaque. The firm desire to participate in the fight against the spread of facilitative attitudes of racist and xenophobic sentiments. The repudiation by the ontological disorientation translated by certain attitudes which defend the persecution inflicted on illegal immigrants, by adoption of a policy guided primarily by the border control and economic exploitation of migrants. Mainly, the outrage felt over the forgetfulness or negligence in the supervision and implementation of fundamental rights, specifically, the right to use the freedom and normal family life situations. These were, in short, the reasons and excuses to carry out this work. Moreover, the exercise of our citizenship and employment in a changing global space force us to update the reading of the relationship between men and spatial forms, and finally, because the role of immigrants in contemporary economics is perceived as fundamental, we demonstrate the importance of their place in the strategy of sustainable human development, and do not alienate the opportunity to defend the collective participation in more humanistic principles and premises, taken as fundamental to building a decent immigration policy, most comprehensive and inducer of building more bridges, and, not open to the world of walled areas.
Description: Orientação : Fernando Pereira Marques
URI: http://hdl.handle.net/10437/4002
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View
Dissert.pdf 1.306Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account