Desenvolvimento de um método in vivo para melhor compreender a pele do obeso

DSpace/Manakin Repository

Desenvolvimento de um método in vivo para melhor compreender a pele do obeso

Show full item record

Title: Desenvolvimento de um método in vivo para melhor compreender a pele do obeso;
Development of an in vivo method to better understand the obese skin
Author: Tavares, Liliana Patrícia da Veiga Durão Barbosa; Palma, Lídia; Almeida, Maria Angélica; Buján Varela, Julia; Rodrigues, Luís Monteiro
Abstract: O impacto da obesidade na fisiopatologia da pele humana parece relacionar-se com diversas dermatoses, resultado da alteração da sua fisiologia normal, incluindo alterações na função barreira e na função de “envelope”. Contudo, a informação disponível é ainda escassa devido às diversas complexidades do tema. Este trabalho pretende contribuir para a definição de uma metodologia de abordagem experimental para estudar, de forma objectiva, as alterações funcionais que caracterizam a pele obesa. O presente estudo, transversal, incluiu 28 voluntárias, do sexo feminino, saudáveis, com idade média 23±5 anos de idade, após consentimento informado. Foi realizada uma única medição de caracterização das diversas funções cutâneas obtidas por meios não invasivos em condições controladas. As variáveis consideradas relevantes foram, a hidratação (superficial e profunda) a função de barreira e o comportamento biomecânico, medidos em 4 áreas anatómicas distintas. Através do SPSS (v 20.0) realizámos uma análise estatística univariada com cálculo de medidas de tendência central e de dispersão. Recorremos aos testes de Pearson e de Spearman, para as variáveis que seguiam, ou não, uma distribuição normal, respectivamente, adoptando um grau de confiança de 95% . Os resultados permitem propor uma metodologia para o estudo da pele, aplicável ao doente obeso, incluindo a escolha das áreas anatómicas e das variáveis adequadas ao objetivo pretendido.The impact of obesity in the pathophysiology of human skin seems to be related to various dermatoses, basically resulting from the change in its normal physiology, including changes in the “barrier” and the “envelope" functions as well . However, the available information is still scarce due to the many complexities of the subject. This work aims to define an experimental methodology approach to objectively study the functional changes that characterize the obese skin. This transversal study included 28 healthy volunteers, female (mean age 23 ± 5 years old), after informed consent. Skin functional characterization was obtained in one single measurement by non-invasive techniques, under controlled conditions. Relevant variables were hydration (superficial and deep), barrier function and biomechanical behavior, measured at four different anatomical areas. Through the SPSS (v 20.0) a univariate statistical analysis was performed to calculate central tendency and dispersion measures. The Pearson's and the Spearman's tests were chosen for those variables that followed , or not, a normal distribution, respectively, assuming a confidence level of 95%. Results allow us to propose a methodology for the study of the skin applied to obese patients, including the choice of the anatomical areas and variables appropriate to the intended goal.
URI: http://hdl.handle.net/10437/3597
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View
Article7_9n1.pdf 1.528Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account