O trabalho colaborativo no departamento de línguas de uma escola secundária

DSpace/Manakin Repository

O trabalho colaborativo no departamento de línguas de uma escola secundária

Show full item record

Title: O trabalho colaborativo no departamento de línguas de uma escola secundária
Author: Pereira, Luísa Maria Carneiro Ferreira
Abstract: Esta investigação permitiu identificar e analisar o trabalho colaborativo desenvolvido no departamento de línguas de uma escola secundária, avaliar o seu grau de importância para os professores deste departamento, conhecer as condições necessárias para a existência de um clima propício à colaboração e compreender o papel do coordenador enquanto agente propiciador de práticas colaborativas. O estudo permitiu ainda a consciencialização dos professores para a importância da adoção de práticas colaborativas e reflexivas. Adotou-se uma metodologia de investigação-ação, projetada em três fases: Na primeira pretendeu-se saber se e de que modo os professores integram o trabalho colaborativo nas suas práticas. Na segunda fase evoluiu-se para uma intervenção de caráter teórico, em formato de painel, que teve como objetivos, estimular um processo de reflexão suscetível de influenciar as representações dos professores sobre colaboração e conduzir ao desenvolvimento de práticas colaborativas. Na terceira fase, delineou-se e executou-se um programa de intervenção com o objetivo de comprometer os professores num trabalho colaborativo que se torne numa prática diária no seu quotidiano. A informação foi recolhida através de um inquérito por questionário, na primeira e segunda fase, de notas de campo registadas no diário de bordo da investigadora e de entrevistas estruturadas semi-diretivas, na terceira fase. Depois de analisados todos os dados recolhidos, pode-se concluir que os professores reconhecem a importância do trabalho colaborativo, mas existe uma certa acomodação a práticas de ensino individualistas. Desenvolve-se algum trabalho colaborativo balcanizado, sobretudo com colegas da mesma disciplina e do mesmo nível de ensino que se resume, praticamente, à troca de materiais e à planificação conjunta de unidades didáticas. Identificaram-se como condições para a prática de trabalho colaborativo, formação adequada, compatibilidade de horários, tempo disponível nos horários e sobretudo vontade de colaborar. Ao coordenador compete propor pistas de trabalho e zelar para que estejam criadas as condições necessárias para o desenvolvimento de trabalho colaborativo. A entrevista de avaliação no final do programa de intervenção revelou um impacto positivo na evolução das perceções das professoras que aderiram ao projeto, face ao trabalho colaborativo.The purpose of this research was to identify and analyse the collaborative work within the language department of a High School, assessing its importance for the departments’ teachers, finding the necessary conditions to achieve a prosper environment to collaborate and understanding the role of the coordinator as a conductor of collaborative practices. The research also allowed the teachers awareness for the importance of adopting collaborative and reflexive practices. It was adopted an action-research methodology developed in three steps: on the first step, the aim was to find if teachers were integrating colaborative work in their practices and how they were doing that. During the second step was made a theoric intervention, which aimed to stimulate the reflexion process capable of influence faculty about colaboration conducting them to develop colaborative practices. The third step drew and executed an intervention program that aimed to commit teachers with the use of colaborative practices in their routine. During both first and second steps the data was collected through an inquiry and a questionnaire. During the third step the researcher took notes on her logbook and later she produced structured and semi-directive interviews. After analyzing all collected data, it can be concluded that teachers recognize the importance of collaborative work. However, there is some accommodation to keep their individualistic teaching practices. It is developed a balkanized collaborative work, particularly with colleagues teaching the same subject and level that can be resumed, practically, to the exchange of materials and joint planning of teaching units. There were identified as conditions for the practice of collaborative work: proper training, similar schedules, available time in their schedules and especially their willingness to cooperate. The coordinator is responsible for presenting proposed areas of study and ensure that all the necessary conditions for the development of collaborative work are gathered together. The assessment interview at the end of the intervention program revealed a positive impact regarding an evolution on the teacher’s perceptions, due to collaborative work.
Description: Orientação: Ana Paula Silva
URI: http://hdl.handle.net/10437/2736
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View
Tese.pdf 1.625Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account