Influência da variação gradual da temperatura na resposta microcirculatória cutânea a estímulos térmicos

DSpace/Manakin Repository

Influência da variação gradual da temperatura na resposta microcirculatória cutânea a estímulos térmicos

Show full item record

Title: Influência da variação gradual da temperatura na resposta microcirculatória cutânea a estímulos térmicos;
Influence of temperature gradual variation over skin microcirculation responses to thermal stimulation
Author: Pinto, Pedro Contreiras; Vargas, Helena Valente; Rodrigues, Luís Monteiro
Abstract: O estudo dos mecanismos envolvidos na regulação da temperatura a nível local constituem modelos para o estudo da patologia vascular, especialmente quando existe envolvimento ou comprometimento endotelial. Neste estudo pretende-se sistematizar e comparar a resposta a diferentes variações locais de temperatura, entre 42 e 44ºC em indivíduos saudáveis, verificando a influência da velocidade de aquecimento na resposta local. Realizaram-se protocolos de aquecimento local da pele a 42 e 44ºC nos antebraços definidos aleatoriamente de 10 voluntários do género feminino, saudáveis e não fumadoras. Avaliou-se a resposta microcirculatória através de Fluxometria por Laser Doppler durante 30 minutos. Calculou-se um novo parâmetro “razão vale/pico” (V/P) para distinguir os tipos de resposta possíveis, a saber, bifásico quando V/P<1 e monofásico quando V/P>1. Verificou-se que a 42ºC se obtém um perfil de resposta bifásico, independentemente da velocidade de aquecimento, assim como a 44ºC se obteve sempre um perfil monofásico, indicando que a resposta ao aquecimento local depende da velocidade de aquecimento e, provavelmente, da activação das fibras nociceptoras.The study of the mechanisms involved in the local temperature control is a model used to understand vascular pathology, especially when endothelium dysfunction is the issue. This study aims to systematize and to compare the response to local changes in temperature, by studying the influence of the heating rate over the response. Several local heating protocols working at 42 or 44ºC were performed in the forearm of healthy, female, non smokers volunteers (n=10). Skin microcirculation was evaluated by Laser Doppler Flowmetry during 30 minutes. A new parameter “nadir/peak” (N/P) was calculated to distinguish the shape of the hyperemic response - biphasic when N/P <1 and monophasic when N/P >1. At 42ºC the shape is biphasic, independently of the rate of heating. At 44ºC the shape was always monophasic. This suggested that local response to heating is dependent from the rate of heating and probably from the activation of nociceptor fibers.
URI: http://hdl.handle.net/10437/2255
Date: 2010


Files in this item

Files Size Format View
2772-9558-1-PB.pdf 216.7Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account