Estudo in vivo sobre a influência do fototipo na resposta da pele humana ao contacto com lauril sulfato de sódio

DSpace/Manakin Repository

Estudo in vivo sobre a influência do fototipo na resposta da pele humana ao contacto com lauril sulfato de sódio

Show full item record

Title: Estudo in vivo sobre a influência do fototipo na resposta da pele humana ao contacto com lauril sulfato de sódio;
Studying the influence of the phototype over human skin's response to sodium lauril sulfate contact in vivo
Author: Pinto, Pedro Contreiras; Martinho, Hugo; Rodrigues, Luís Monteiro
Abstract: O Lauril Sulfato de Sódio (LSS) é um tensioactivo aniónico utilizado em muitas formas farmacêuticas, que apresenta, no entanto, algum potencial de irritação. Também por esse motivo o LSS é utilizado como agente provocador em diversos micrométodos de exploração in vivo da fisiopatologia da pele. Factores como a idade, sexo, hidratação da pele, região anatómica, afectam a resposta da pele ao contacto com LSS, O objectivo deste estudo foi estudar a influência do fototipo na recuperação da integridade da pele humana ao contacto com LSS. Após selecção dos voluntários (n=12) com base nos seus fototipos (Grupo I : Fototipo III-IV e Grupo II: Fototipo V-VI) foi aplicado um penso contendo uma solução de LSS a 2% no antebraço, durante 24h(D0. Após remoção do penso, os voluntários foram sujeitos (D1,D2,D7) a exame dermatológico e à medição das variáveis biométricas: perda de água trans-epidermica, hidratação (por 2 métodos complementares) grau de eritema e fluxo sanguíneo local. Os resultados mostram que existem diferenças entre os dois grupos para a PTEA, LDF e grau de eritema, sugerindo uma maior susceptibilidade para os fototipos mais claros e uma maior rapidez de recuperação para os fototipos mais elevados.Sodium Lauryl sulfate (SLS) is an anionic surfactant used in many pharmaceutical forms, although some irritation potential to the skin is recognised. For that reason LSS is often used as a “challenger” in several micromethods to explore human in vivo pathophysiology. Factors such as age, sex, skin hydratation and anatomic region are known to afect the skin´s response to the SLS contact. The aim of the present work was to study the influence of the phototype in the response to the SLS exposure under controlled conditions. Healthy volunteers (n=12) were grouped according with their phototypes (Group I : Phototype III-IV e Group II : Phototype V-VI) and submitted to a patch with a 2% solution of SLS on the volunteer's forearm for 24 hours. After patch removal, volunteers were examined (D1,D2,D7)and several variables assessed: transepidermal water loss, hydration (2 methods) erythema and local microcirculation. Results showed significant differences between the groups for TEWL, LDF and erythema, suggesting a higher susceptibility for whiter types and a faster recovery capacity for the darker ones.
URI: http://hdl.handle.net/10437/2035
Date: 2007


Files in this item

Files Size Format View
698-2513-1-PB.pdf 658.3Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account