Qualidade de vida no processo de envelhecimento e a integração nos centros de dia (uma perspectiva do utente)

DSpace/Manakin Repository

Qualidade de vida no processo de envelhecimento e a integração nos centros de dia (uma perspectiva do utente)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Sequeira, Paulo, orient.
dc.contributor.author Silva, Flora Cristina Moreira e
dc.date.accessioned 2012-02-08T20:48:37Z
dc.date.available 2012-02-08T20:48:37Z
dc.date.issued 2011
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/1660
dc.description Orientação: Paulo Sequeira pt
dc.description.abstract Fruto das alterações demográficas nas últimas décadas, verifica-se um duplo envelhecimento: na base e no topo, advindo daí a necessidade de respostas sociais. Os Centros de Dia são estruturas semi-institucionalizadas que surgem enquadradas numa política de 'envelhecer em casa' sendo, por isso, uma verdadeira alternativa ao internamento permanente. O objectivo geral deste estudo passa por avaliar, na perspectiva do utente, a dinâmica institucional dos Centros de Dia e o seu contributo para a melhoria da sua qualidade de vida. O estudo é sustentando por uma amostra de 48 utentes de IPSS's e pela análise dos níveis gerais de satisfação, serviços disponibilizados, actividades propostas e graus de participação dos utentes. Como instrumento de recolha de dados, usou-se uma versão adaptada do 'Questionário do Utente', do protocolo de avaliação de Centros de Dia. Os resultados apontam para respostas favoráveis a uma boa socialização, muito próximas da concordância na autonomia e bom nível de satisfação relativamente à satisfação global. Nas actividades de vida diária, exceptuando o tomar banho, todos os outros itens obtiveram resposta ‘sem ajuda’. Relativamente à intensidade de utilização dos Centros de Dia registámos um valor elevado. O principal motivo de adesão ao programa é a necessidade de companhia. pt
dc.description.abstract Due to demographic changes in the last couple of decades, there exist a double aging effect: on the base and at top; which requires satisfactory social answers. The Adult Day Care Centers are semi-institutionalized structures that follow the 'aging at home' rule. They are, therefore, for elders a real alternative to the permanent internment. The aim of this study is to evaluate, in the users' perspective, the institutional dynamics of Adult Day Care Centers and their contribution to the improvements in its quality of life. The study is supported by a sample of 48 users of IPSSs and the analysis about the overall levels of satisfaction, provided services, proposed activities and degrees of users' involvement. For data collection, we used an adapted version of 'Questionnaire of User' from the evaluation protocol of Adult Day Care Centers. The results indicate a favorable response to good socialization, very close to agreement on autonomy and good level of satisfaction with the overall satisfaction. In the daily life activities the answer was 'no help' for all itens, with the exception of bathing. Regarding the intensity in the usage of Adult Day Care Centers we have recorded a high value. The main reason for joining the program is the need for companionship. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject EDUCAÇÃO pt
dc.subject EDUCAÇÃO ESPECIAL pt
dc.subject CENTROS DE DIA pt
dc.subject IDOSOS pt
dc.subject ENVELHECIMENTO pt
dc.subject EDUCATION en
dc.subject SPECIAL EDUCATION en
dc.subject DAY CARE CENTRES en
dc.subject ELDERLY en
dc.subject AGEING en
dc.subject MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO NA ESPECIALIDADE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E DOMÍNIO COGNITIVO E MOTOR pt
dc.title Qualidade de vida no processo de envelhecimento e a integração nos centros de dia (uma perspectiva do utente) pt
dc.type masterThesis pt


Files in this item

Files Size Format View
TESE FINAL FLORA.pdf 1.034Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account