Antibioresistência em piómetra canina

DSpace/Manakin Repository

Antibioresistência em piómetra canina

Show full item record

Title: Antibioresistência em piómetra canina
Author: Pereira, André dos Reis Vale da Costa
Abstract: Este estudo teve como objectivos, determinar quais são as entidades microbiológicas envolvidas no Complexo Hiperplasia Quística Endometrial - Piómetra, e eventualmente responsáveis por este tipo de patologia em Portugal, estabelecendo uma comparação com estudos prévios publicados que reflectem a realidade de outros países; determinar e documentar a ocorrência de fenómenos de resistência bacteriana para antibióticos utilizados por rotina, para terapia de situações clínicas de piómetra, no norte de Portugal; e ainda com base nos aspectos anteriores, concluir acerca do uso empírico e racional de antibióticos em situações de piómetra, identificando assim os agentes que não são eficazes no combate à infecção. As entidades envolvidas nesta patologia, são na sua maioria Escherichia coli, sendo isolada de 58% da população em estudo. No entanto, foram isoladas outras bactérias em menor número de amostras, que não tinham sido previamente identificadas como infectantes neste tipo de patologia. Pode destacar-se Peptostreptococcus anaerobius, Enterobacter aerogenes e Bacteroides fragilis. Embora com base numa amostra populacional estatisticamente não significativa, demonstrou-se no presente estudo, a ocorrência de resistência a antibióticos por parte dos microorganismos envolvidos nos quadros clínico de piómetra. Duas culturas revelaram-se multiresistentes, o que representa uma séria condicionante para sucesso terapêutico, e que pode apresentar repercussões a nível de Saúde Pública. Dos antibióticos que estavam descritos como eficazes, e que no presente estudo se demonstraram ineficazes no combate à infecção, destacam-se; a amoxicilina, a associação de amoxicilina e ácido clavulânico, a ampicilina, a cefalexina, a cefalotina, a cefazolina, a cefoxitina, a penicilina G e as sulfonamidas potenciadas.This study had as objectives, to determine the microbiological agents involved in clinical Pyometra, estabilishing a comparison between the microbiological agents found in our study and in studies in other countries; evaluate the occurrence of antibiotic resistance in this clinical pathology, and to determine wich antibiotic agents were effective against the bacterial agents involved. In this study we isolated, in spite of the small sample, certain bacteria that showed resistance to several antibiotics, and concluded that the main bacterial agent involved was Escherichia coli, alike other previous studies. Certain bacterial agents, that weren’t described as potential pathogens in this clinical occurrence, were isolated in this study, Peptostreptococcus anaerobius, Enterobacter aerogenes and Bacteroides fragilis were the agents found in the samples. Two cultures revealed to be multiresistant to drug therapy, wich reflects a serious public health risk and a challenge to solve the pathology. Some antibiotics that were described as efficient against the bacterial agents involved in pyometra, failed to solve the pathology in this study, more precisely, amoxicillin, amoxicillin associated with clavulanic acid, ampicilin, cefalexin, cefalotin, cefazolin, cefoxitine, G peniciline, potentiated sulfonamides and trimethoprim/sulfamethoxazole.
Description: Orientação: Luís Lima Lobo ; co-orientação: Fausto Brandão
URI: http://hdl.handle.net/10437/1605
Date: 2011


Files in this item

Files Size Format View
CAPA.pdf 201.7Kb PDF View/Open
TESE FINAL-Novembro-2011.final-dr.pdf 1.319Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account