Crenças, comportamentos e estado de saúde em adultos portugueses

DSpace/Manakin Repository

Crenças, comportamentos e estado de saúde em adultos portugueses

Show full item record

Title: Crenças, comportamentos e estado de saúde em adultos portugueses
Author: Abreu, Jéssica Liliana Rodrigues
Abstract: A saúde é uma necessidade humana fundamental para o funcionamento dos indivíduos. Por existirem diversos fatores que influenciam a mesma, a Psicologia da Saúde procura compreender o papel das variáveis psicológicas na saúde. Assim, os objetivos desta investigação foram: descrever crenças, frequência de comportamentos relacionados com a saúde e estado de saúde; explorar a relação entre estas variáveis; e identificar preditores do estado de saúde. Os dados foram recolhidos através de uma plataforma online e em papel, através de questionários de autorresposta. O estudo foi transversal, com uma amostra de conveniência de 101 adultos da população portuguesa com idade média de 30.63 anos (DP = 13.34). Verificaram-se relações positivas entre a importância percebida e a frequência dos comportamentos relacionados com a saúde. Identificaram-se também preditores do estado de saúde, nomeadamente, escolaridade, LC externo-acaso, frequência de passar tempo de qualidade com um amigo próximo ou com o parceiro, importância percebida de lavar diariamente zona entre os dentes e importância percebida de passar tempo de qualidade com amigo próximo ou com o parceiro. Os resultados ressaltaram a relevância das crenças para o desempenho dos comportamentos relacionados com a saúde, nomeadamente crenças sobre a importância percebida de realizar comportamentos relacionados com a saúde.Health is a fundamental human need for the functioning of individuals. Because there are several factors that influence it, Health Psychology seeks to understand the role of psychological variables in health. Thus, the objectives of this investigation were: to describe beliefs, frequency of health-related behaviors and health status; explore the relationship between these variables; and identify predictors of health status. Data were collected through an online and paper platform through self-report questionnaires. The study was cross-sectional, with a convenience sample of 101 adults from the Portuguese population with a mean age of 30.63 years (SD = 13.34). Positive relationships were found between perceived importance and frequency of health-related behaviors. Predictors of health status were also identified, namely, education, chance-external LC, frequency of spending quality time with a close friend or partner, perceived importance of daily brushing between teeth and perceived importance of spending time quality with close friend or partner. The results highlighted the relevance of beliefs to the performance of health-related behaviors, including beliefs about the perceived importance of performing health-related behaviors.
Description: Orientação: Bárbara Nazaré
URI: http://hdl.handle.net/10437/10085
Date: 2020


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação JÉSSICA LILIANA RODRIGUES ABREU.pdf 498.9Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account