Gentrificação por contágio no Bairro Intendente

DSpace/Manakin Repository

Gentrificação por contágio no Bairro Intendente

Show full item record

Title: Gentrificação por contágio no Bairro Intendente
Author: Roussado, Bruna Patrícia Gomes
Abstract: O processo de gentrificação, conceito nomeado por Ruth Glass aquando da descrição da nobilitação do Bairro de “Islington” em 1964, tem-se expandido na forma e na importância com que tocou as cidades, ganhando particular relevância nos Estudos de Arquitetura. A presente dissertação de mestrado propõe uma análise ao Bairro do Intendente à luz deste conceito, procurando perceber a forma como, enquanto procedimento arquitetónico, o processo de gentrificação se transmite e concretiza sob a forma de contágio. Para torná-lo operativo, limitámos a análise ao Largo do Intendente, pensando-o como dispositivo1. No caso em estudo, a gentrificação chega ao Intendente vinda do eixo do Terreiro do Paço-Rua Augusta, fluindo para a Almirante Reis com a reabilitação do Martim Moniz. Assim e, por contágio, transformou o Intendente. Propomo-nos, por isso, pensar através das observações de campo, o espaço público do Intendente como um espaço público aberto também caracterizado por ruas, praças e um largo e uma instalação de arte. No que respeita às questões metodológicas de análise ao dispositivo, Largo do Intendente, seguimos dois eixos: um mais teórico, explorando os conceitos Teoria Ator- Rede (ANT), que permitiram atingir a centralidade da noção de Bastidores; outro mais prático, ancorado a preceitos antropológicos, como a observação direta, e que se revelaram úteis na ilustração do lugar, complementada com entrevistas aos atores que compõem a geografia humana deste lugar. Do cruzamento entre a reflexão teórica e as notas de campo, tornou-se possível comprovar as dinâmicas estabelecidas entre a cidade desqualificada e a nova paisagem urbana gentrificada.The process of gentrification, a concept named by Ruth Glass when describing the Islington Neighborhood nobility in 1964, has expanded in the way and importance it has touched cities, gaining particular relevance in Architectural Studies. This master thesis proposes an analysis of Bairro do Intendente in the light of this concept, trying to understand how, as an architectural procedure, the gentrification process is transmitted and concretized in a contagious form. To make it operational, we limited the analyses to Largo do Intendente, thinking of it as a device2. In the case under study, gentrification comes to the Intendente from the axis of Terreiro do Paço - Rua Augusta, flowing to Almirante Reis with the rehabilitation of Martim Moniz. Thus, and by contagion, it transformed the Intendente. We propose, therefore, to think through the field observations, the Intendente public space as an open public space also characterized by streets, squares and an art installation. Regarding the methodological questions of device analysis, Largo do Intendente, we follow two axes: one more theoretical, exploring the concepts Actor Network Theory (ANT), which allowed the centrality of the notion of Backstage to be reached; another more practical, anchored to anthropological precepts, such as direct observation, and which proved useful in the illustration of the place, complemented by interviews with the actors that make up the human geography of this place. From the intersection between theoretical reflection and field notes, it became possible to prove the dynamics established between the disqualified city and the new gentrified urban landscape.
Description: Orientação: Catarina Isabel Santos Patrício Leitão
URI: http://hdl.handle.net/10437/9928
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account