A influência das perceções raciais na aplicação hipotética de medidas penais

DSpace/Manakin Repository

A influência das perceções raciais na aplicação hipotética de medidas penais

Show full item record

Title: A influência das perceções raciais na aplicação hipotética de medidas penais
Author: Barroso, Ana Filipa Faria
Abstract: A literatura aponta a existência de diversas variáveis que poderão influenciar a atribuição de medidas penais. Uma das mais proeminentes é a existência de estereótipos raciais que, em países como os EUA, tem vindo a ser demostrada como determinante para os comportamentos dos agentes policiais para com ofensores de diferentes raças e para a tomada de decisão judicial por parte do júri. Neste sentido, e fornecendo contributo exploratório ao tema, o presente estudo tem como objetivo perceber se a aplicação de uma medida penal hipotética, face a um evento violento cometido por um ofensor de Raça negra e um de Raça caucasiana, é influenciada pela Raça do indivíduo que está a cometer o ato e pela Raça dos próprios participantes do estudo. Assim, 159 estudantes universitários visualizaram um vídeo de crime onde a Raça do ofensor é manipulada (ofensor negro vs ofensor branco). Após ativação do estereótipo racial, foi solicitado aos participantes que atribuíssem uma medida penal ao ofensor de várias hipóteses (ligeira a grave). Os resultados sugerem que 1) a preferência racial por caucasianos foi igual para ambos os grupos (participantes caucasianos e negros) e 2) visualizando que ambos os participantes aplicaram as medidas penais mais severas a ambos os ofensores apresentados, estas não relevaram diferença estatisticamente significativa. O estudo concluí que a Raça do ofensor apresentado não influenciou diretamente atribuição da medida penal por parte dos participantes.The literature indicates the existence of several variables that may influence the attribution of criminal measures. One of the most prominent is the existence of racial stereotypes that, in countries such as the US, have been shown to be determinant for the behavior of police officers towards offenders of different races and for judicial decision-making by the jury. In this sense, and providing an exploratory contribution to the theme, this study aims to understand if the application of a hypothetical criminal measure, in the face of a violent event committed by an offender of black race and a Caucasian race, is influenced by the race of the individual who is committing the act and race of the study participants themselves. Thus, 159 college students viewed a crime video where the offender's Race is manipulated (black offender vs. white offender). After activating the racial stereotype, the participants were asked to assign a criminal measure to the offender of various hypotheses (mild to severe). The results suggest that 1) racial preference for Caucasians was equal for both groups (Caucasian and black participants) and 2) showing that both participants applied the most severe penal measures to both offenders presented, these did not show a statistically significant difference. The study concluded that the offender's Race presented did not directly influence the assignment of the criminal measure by the participants.
Description: Orientação: Laura Alho
URI: http://hdl.handle.net/10437/9897
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View Description
AnaBarrosoDissertação.pdf 474.8Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account