Por que não eu? Trajetórias de sucesso académico nos meios populares

DSpace/Manakin Repository

Por que não eu? Trajetórias de sucesso académico nos meios populares

Show full item record

Title: Por que não eu? Trajetórias de sucesso académico nos meios populares
Author: Santos, Geny Alexandre dos
Abstract: As pesquisas acerca do sucesso acadêmico dos estudantes dos meios populares ainda caminham a passos lentos com vistas às investigações voltadas ao fracasso escolar que nestes meios parece ser uma realidade provável. No entanto, correm por uma via paralela alguns estudantes que conseguem ultrapassar com êxito as adversidades do seu meio, reunindo os recursos necessários para suplantar dificuldades engajadas à sua condição socioeconômica e que interferem sobremaneira em seu percurso acadêmico. Assim, esta investigação visa compreender a trajetória destes estudantes rumo à Universidade e as estratégias utilizadas para vencer as dificuldades surgidas em todo processo de escolarização e, sobretudo, no Ensino Superior. Para isto foram realizadas entrevistas com dez estudantes do Ensino Superior da Universidade Federal Rural de Pernambuco – Campus Garanhuns, moradores da residência estudantil deste campus e cursando para além da metade da formação. As falas destas entrevistas semiestruturadas foram transcritas e analisadas a partir do referencial teórico da análise de conteúdo de Bardin (2016), tendo como obras de referência para conceitos e ideias o “Sucesso Escolar nos Meios Populares: as razões do improvável” (Lahire, 2004) e “Por que uns e não outros? Caminhada de jovens pobres para a universidade”(Silva, 2003). Foram muitos os motivos que à fortiori os fizeram pensar em desistir: a situação econômica, as desigualdades sociais, a dificuldade de engajamento quanto às exigências da vida universitária, a vivência do trabalho informal e ou agrícola, o preconceito e as críticas sofridas tanto por pessoas da própria família, quanto por amigos de dentro e fora da comunidade em que vivem. Os jovens entrevistados não conseguem precisar quais as estratégias utilizadas por si como recursos facilitadores em suas trajetórias, mas falam que, a cada dificuldade no sentido de manter-se no ensino superior, eram feitos planejamentos, tendo a mãe como um suporte afetivo e incentivador para o seguimento da escolaridade, mesmo que a família, a comunidade e a escola, não tenham representado um suporte significativo no desenvolvimento escolar. Por unanimidade, os jovens entrevistados elegem os programas de apoio acadêmico como o principal indicador de acesso, manutenção e permanência universitária, projetos sem os quais, não seria possível estar ali. Além deste recurso material, foi identificada uma intensa disposição pessoal ao rompimento de obstáculos muito comuns a todas as trajetórias, um plano subjetivo que julgamos como condição de resiliência, a fim de nomearmos a superação das dificuldades inerentes a todo processo de escolaridade. Conclusivamente o estudo mostrou a emancipação dos estudantes de um lugar de fracasso pela sua origem socioeconômica, como assim alimenta o discurso excludente da deficiência cultural e cognitiva dos pobres, para o lugar do êxito acadêmico através de ações centradas na resistência, na iniciativa pessoal e no amparo das políticas sociais e inclusivas.Researches about academic success of students from popular media into secondary education still are walking slowly, with a view to investigations aimed at school failure, which in these media seems to be a probable reality. However, a number of students who succeed in overcoming the adversities of their environment run parallel paths, gathering the necessary resources to overcome difficulties that are involved in their socioeconomic condition and that interfere greatly in their academic course. Thus, this research aims to understand the trajectory of these students towards the University and the strategies used to overcome the difficulties that have arisen in every schooling process and, above all, in Higher Education. For this purpose, interviews were conducted with 10 students from the Federal University of Pernambuco - Campus Garanhuns, residents of the student residence of this campus and attending more than half of the training. The speeches of these semi-structured interviews were transcribed and analyzed from the theoretical framework of Bardin's (2016) content analysis, with reference to concepts and ideas being "School Success in Popular Media: The Reasons for the Unlikely" (Lahire, 2004) and "Why some and not others? Walk from poor youth to university " (Silva, 2003). Many reasons motivated them to give up: the economic situation, the social inequalities, the difficulty of engagement in the demands of university life, the experience of informal and agricultural work, prejudice and criticism suffered by people of the family itself, as well as friends from within and outside the community in which they live. The young people interviewed are not able to specify what strategies they use as facilitators in their trajectories, but they say that, with each difficulty in maintaining higher education, planning was done, with the mother as an affective and incentive support for the follow-up of schooling, even if the family, the community and the school, have not represented significant support in school development. Unanimously, the young people interviewed chose the academic support programs as the main indicator of access, maintenance and university permanence, projects without which it would not be possible to be there. In addition to this material resource, an intense personal disposition was identified for the breakdown of obstacles very common to all trajectories, a subjective plan that we judge as a condition of resilience, in order to name the overcoming of the difficulties inherent to every schooling process. Conclusively the study showed the emancipation of students from a place of failure due to their socioeconomic origin, as it feeds the exclusion discourse of the cultural and cognitive deficiency of the poor, to the place of academic success through actions centered on resistance, personal initiative and social and inclusive policies.
Description: Orientação: Isabel Rodrigues Sanches
URI: http://hdl.handle.net/10437/9611
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View Description
GENY ALEXANDRE DOS SANTOS.pdf 2.665Mb PDF View/Open Tese de Doutoramento

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account