Saúde, autoperceção do envelhecimento e felicidade em pessoas mais velhas

DSpace/Manakin Repository

Saúde, autoperceção do envelhecimento e felicidade em pessoas mais velhas

Show full item record

Title: Saúde, autoperceção do envelhecimento e felicidade em pessoas mais velhas
Author: Rato, Pedro Jorge Rodrigues Moreira
Abstract: Neste estudo pretendeu-se analisar as relações entre a saúde, autoperceção do envelhecimento com os modelos de felicidade: satisfação com a vida, felicidade hedónica e felicidade eudaimónica. Utilizou-se uma amostra de conveniência, constituída por 117 participantes com 65 anos ou mais. Os participantes responderam a um questionário de dados sociodemográficos, realizaram um teste de rastreio cognitivo (MoCA), Questionário Saúde Autoavaliada, Escala Autoperceção do Envelhecimento, Escala Satisfação com a Vida, Escala Felicidade Hedónica e Eudaimónica (HEMA). Análise dos resultados possibilitou inferir que não existiram diferenças estatisticamente significativas entre os géneros, relativamente aos três modelos de felicidade e à autoperceção do envelhecimento, mostrando que a média entre os homens e as mulheres foi igual, no entanto, na saúde autoavaliada verificaram-se diferenças significativas, os níveis de saúde autoavaliada dos homens foi mais baixo comparativamente com as mulheres. Análise dos preditores demonstrou que a saúde autoavaliada, foi determinada positivamente pela felicidade hedónica, enquanto a autoperceção do envelhecimento foi determinada positivamente pela felicidade eudaimónica e satisfação com a vida. No âmbito do envelhecimento com sucesso, este estudo demonstra a contribuição das experiências positivas e de felicidade, evidenciando a importância da existência de programas sociais e clínicos potenciadores de bem-estar.This study aimed to analyze the relationships between health, self-perception of aging and happiness models: satisfaction with life, hedonic happiness and eudaimonic happiness. A convenience sample of 117 participants aged 65 years and over was used. Participants answered a questionnaire on sociodemographic data, performed a cognitive screening test (MoCA), Self-assessed Health Questionnaire, Aging Self-perception Scale, Life Satisfaction Scale, Hedonic and Eudaimonic Happiness Scale (HEMA). Analysis of the results allowed to infer that there were no statistically significant differences between the genders, relative to the three models of happiness and the self-perception of aging, showing that the average between men and women was equal, however, in self-assessed health significant differences, men's self-assessed health status was lower compared to women. Analysis of the predictors showed that self-assessed health was positively determined by hedonic happiness, while self-perception of aging was positively determined by eudaimonic happiness and life satisfaction. In the context of successful aging, this study demonstrates the contribution of positive experiences and happiness, highlighting the importance of social and clinical welfare-enhancing programs.
Description: Orientação: Américo Baptista
URI: http://hdl.handle.net/10437/9561
Date: 2018


Files in this item

Files Size Format View Description
Entrega Final de DISSERTAÇÃO.pdf 525.5Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account