Estratégias de coping, apoio social e vinculação : um estudo com mães e pais de crianças com perturbação do espectro do autismo

DSpace/Manakin Repository

Estratégias de coping, apoio social e vinculação : um estudo com mães e pais de crianças com perturbação do espectro do autismo

Show full item record

Title: Estratégias de coping, apoio social e vinculação : um estudo com mães e pais de crianças com perturbação do espectro do autismo
Author: Machado, Domingos Manuel Pereira
Abstract: Este estudo visou estudar as estratégias de coping utilizadas pelas mães e pelos pais com filhos com uma Perturbação do Espectro do Autismo relacionando-as com variáveis das características das crianças como a idade e a percepção do comportamento adaptativo e com variáveis das características dos pais e do contexto como a idade, habilitações literárias, estilos de vinculação e percepção da disponibilidade do apoio social. Participaram neste estudo as mães e os pais de 30 crianças com uma Perturbação do Espectro do Autismo, que preencheram um questionário sociodemográfico desenvolvido no âmbito deste estudo, o BRIEF-COPE (Carver, Scheier, & Weintraub, 1989; versão portuguesa por Ribeiro & Rodrigues, 2004), a Escala de Comportamento Adaptativo de Vineland, Segunda Edição (Sparrow, Balla e Cicchetti, 1984; adaptação portuguesa de Monteiro e Morais, sd), a Escala de Apoio Social (EAS; Matos, & Ferreira, 1999) e a Escala de Vinculação nos Adultos (EVA; Collins & Read, 1990; versão portuguesa de Canavarro, 1995). Os resultados obtidos evidenciam a presença de associações estatisticamente significativas entre as estratégias de coping usadas por mães e por pais com filhos com PEA; associações significativas entre determinadas estratégias de coping utilizadas por mães e pais e a idade e o comportamento adaptativo da criança; bem como associações significativas entre determinadas estratégias de coping de mães e pais e as suas idades, as habilitações, a vinculação e o seu apoio social percebido.This investigation intended to study the coping strategies used by mothers and fathers with children with Autistic Spectrum Disorder, relating them to variables of child characteristics such as age and perception of adaptive behavior and variables of parental characteristics and context as age, qualifications, attachment styles and perceived availability of social support. The participants were 30 families of Autistic Spectrum Disorder children and they responded to a demographic questionnaire, developed in the scope of this work, the Brief - COPE (Carver, Scheier, & Weintraub, 1989, English version by Ribeiro & Rodrigues, 2004) , the adaptive behavior scale of Vineland , Second Edition ( Sparrow , Balla & Cicchetti , 1984; Portuguese adaptation of Monteiro & Morais, sd) , the Social Support Scale (EAS; Matos, & Ferreira, 1999) and the Attachment Adults Scale ( EVA, Collins & Read , 1990; portuguese version Canavarro, 1997). The results show the presence of statistically significant associations between coping strategies used by mothers and fathers with children with ASD; significant associations between certain coping strategies used by mothers and fathers and the adaptive behavior and age of the child, as well as significant associations between certain coping strategies of mothers and fathers and their ages, qualifications, attachment and their perceived social support.
Description: Orientação: Joana Isabel Soares Baptista
URI: http://hdl.handle.net/10437/9149
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
Temporario02.pdf 53.95Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account