Investigação das propriedades psicométricas do Patient Health Questionnaire-9 para uma amostra da comunidade portuguesa

DSpace/Manakin Repository

Investigação das propriedades psicométricas do Patient Health Questionnaire-9 para uma amostra da comunidade portuguesa

Show full item record

Title: Investigação das propriedades psicométricas do Patient Health Questionnaire-9 para uma amostra da comunidade portuguesa
Author: Soreira, Cátia Sofia Silva
Abstract: O presente estudo teve como objetivo testar as propriedades psicométricas do Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9) para a população portuguesa. Especificamente, teve como objetivos testar a fiabilidade, validade convergente, divergente, preditiva e de constructo do PHQ-9, assim como testar diferenças interindividuais nos sintomas depressivos medidos pelo PHQ-9, em função de três grupos etários (jovens adultos, adultos de meia-idade e idosos). Método: O estudo incluiu 1182 participantes, dos quais 952 (80.5%) eram mulheres e 229 (19.4%) homens, com idades compreendidas entre os 18 e os 96 anos. Para além do PHQ-9, foram utilizados o Inventário de Depressão de Beck-II (BDI-II) e a Escala de Depressão Geriátrica (GDS) para avaliação da validade convergente e a Escala de Desejabilidade Social de Marlowe-Crowne (MCSDS) para avaliação da validade divergente. Resultados: A Análise Fatorial Confirmatória (AFC) revelou que a solução unifatorial foi a que mais se adequou aos dados, tendo sido cumpridos todos os critérios psicométricos de validade de construto. Foram encontrados bons níveis de fiabilidade (α = .85), forte validade convergente com o BDI-II e com a GDS e fraca associação entre o PHQ-9 e a MCSDS-SF II, o que atestou a validade divergente da medida. Tal como hipotetizado, as mulheres apresentaram scores significativamente superiores, mas não se verificaram diferenças no total do PHQ-9 em função dos grupos etários. Conclusões: O PHQ-9 apresentou boas propriedades psicométricas iniciais na população portuguesa. Implicações para a investigação foram também discutidas.The present study aimed to test the psychometric properties of the Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9) for the Portuguese population. Specifically, it aimed to test the reliability, convergent, divergent, predictive and constructive validity of PHQ-9, as well as the interindividual differences in depressive symptoms measured by PHQ-9, more specifically in terms of three age groups (young adults, middle-aged adults and the elderly). Method: The study included 1182 participants, of which 952 (80.5%) were women and 229 (19.4%) men, aged between 18-96 years. In addition to PHQ-9 was used the Beck-II Depression Inventory (BDI-II) and the Geriatric Depression Scale (GDS) to assess convergent validity and the Marlowe-Crowne Social Desirability Scale (MCSDS) for assessment of divergent validity. Results: Through the Factorial Confirmatory Analysis (FCA) it was verified that the unifactorial solution is the most adequate, having fulfilled all the psychometric criteria of construct validity. Were found good reliability levels (α = .85), strong convergent validity with BDI-II and with GDS and a low association between PHQ-9 and MCSDS-SF II, which testified the divergent validity of the measure. As hypothesized, women presented significantly higher scores, but there were no differences in total PHQ-9 in function of age groups. Conclusions: The PHQ-9 presented good initial psychometric properties in the Portuguese population. Implications for research were also discussed.
Description: Orientação: Diogo Lamela
URI: http://hdl.handle.net/10437/9129
Date: 2017


Files in this item

Files Size Format View Description
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account