Efeito das variáveis sociodemográficas na desejabilidade social em crianças

DSpace/Manakin Repository

Efeito das variáveis sociodemográficas na desejabilidade social em crianças

Show simple item record

dc.contributor.advisor Braga, Teresa, orient.
dc.contributor.author Cajús, Mafalda Patrícia Badim Carvalho
dc.date.accessioned 2018-11-12T16:27:43Z
dc.date.available 2018-11-12T16:27:43Z
dc.date.issued 2014
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/9110
dc.description Orientação: Teresa Braga pt
dc.description.abstract A desejabilidade social é um conceito que se caracteriza pela tendência de distorcer autorrelatos numa direção favorável ao sujeito, evitando deste modo comportamentos socialmente indesejados. Como tal, esta tendência poderá ter impacto em qualquer avaliação psicológica. Ainda assim, a desejabilidade social não é estanque na população, podendo variar em função de variáveis sociodemográficas. Com o objetivo de melhor conhecer os efeitos destas variáveis na desejabilidade social, no presente estudo 232 crianças entre os 6 e os 13 anos foram avaliadas através do Children´s Social Desirability Questionnaire (CSD; Crandall, Crandall, & Katkovsky, 1965, versão reduzida e adaptada por Costa & Veloso, 2008), que mede o nível de desejabilidade, e a Escala de Graffar (adaptada por Fonseca, 1990), que fornece uma classificação socioeconómica. Os resultados revelaram que as variáveis género e nível socioeconómico não influenciam os níveis de desejabilidade social. Por outro lado, a idade demonstra uma relação significativa, sendo que as crianças mais novas possuem maiores índices de desejabilidade social comparativamente às mais velhas. pt
dc.description.abstract Social desirability is a concept characterized by a tendency to distort self-reports of person in a favorable direction, thus avoiding socially undesirable behavior. As such, this tendency could have an impact on any psychological evaluation. Still, social desirability is not invariant in the population and may vary according to sociodemographic variables. In order to better understand the effects of these variables on social desirability, in the present study 232 children between 6 and 13 years were assessed using the Children's Social Desirability Questionnaire (CSD; Crandall, Crandall, & Katkovsky, 1965 reduced version and adapted by Costa & Veloso, 2008), which measures the level of desirability, and Graffar Scale (adapted by Fonseca, 1990), which provides a socio-economic classification. The results revealed that gender and socio-economic variables did not influence levels of social desirability. On the other hand, age shows a significant relationship, with younger children have higher levels of social desirability compared to the older ones. The results revealed that gender and socio-economic variables did not influence levels of social desirability. On the other hand, age shows a significant relationship, with younger children displaying higher levels of social desirability compared to the older ones. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights closedAccess
dc.subject MESTRADO EM PSICOLOGIA FORENSE pt
dc.subject PSICOLOGIA pt
dc.subject PSICOLOGIA FORENSE pt
dc.subject DESEJABILIDADE SOCIAL pt
dc.subject CRIANÇAS pt
dc.subject PSYCHOLOGY en
dc.subject FORENSIC PSYCHOLOGY en
dc.subject SOCIAL DESIRABILITY en
dc.subject CHILDREN en
dc.title Efeito das variáveis sociodemográficas na desejabilidade social em crianças pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201366037 pt


Files in this item

Files Size Format View Description
Temporario02.pdf 53.95Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account