Automedicação e indicação farmacêutica na tosse

DSpace/Manakin Repository

Automedicação e indicação farmacêutica na tosse

Apresentar o registro completo

Título: Automedicação e indicação farmacêutica na tosse
Autor: Ferreira, Ana Andreia Mendonça
Resumo: Atualmente, a automedicação é uma prática comum e o consumidor está cada vez mais interessado na informação sobre a saúde. Desta forma, a indicação farmacêutica é essencial, sensibilizando e esclarecendo a causa e o tratamento adequado para determinada patologia ou sugerindo o encaminhamento para um médico quando necessário. Com esta dissertação pretende perceber-se a dimensão da automedicação nos nossos dias e de que forma a indicação farmacêutica influencia o conhecimento do doente. Para que fosse possível atingir os objetivos definidos realizou-se um estudo observacional descritivo tendo por base um questionário entre os meses de novembro de 2016 e Fevereiro de 2017. O questionário foi dividido em duas partes: estimar a prevalência da automedicação e perceber a importância da indicação farmacêutica. Escolheu-se a tosse para perceber a importância da indicação farmacêutica por se tratar de uma das causas mais frequentes de procura de aconselhamento nas farmácias. Este estudo permitiu apurar a prevalência da automedicação com 35,7% dos participantes a afirmarem praticar ou já terem praticado. Relativamente à indicação farmacêutica, os que a receberam acertaram em média 75,4% do inquérito enquanto que os que não receberam acertaram apenas 45,4%, provando a sua importância no conhecimento da patologia e terapêutica adequada.Today, self-medication is an common practice and the consumer is increasingly interested in health information. In this way, the pharmaceutical indication is essential, sensitizing and clarifying the cause and the appropriate treatment for a certain pathology or suggesting the referral to a doctor when necessary. This dissertation intends to understand the dimension of self-medication in our days and how the pharmaceutical indication influences the patient's knowledge. In order to achieve the defined objectives, a descriptive observational study was carried out based on a questionnaire between November 2016 and February 2017. The questionnaire was divided into two parts: to estimate the prevalence of self-medication and to understand the importance of pharmaceutical indication. The cough was chosen to understand the importance of the pharmaceutical indication because it is one of the most frequent causes of demand for advice in pharmacies. This study allowed us to determine the prevalence of self-medication with 35,7% of the participants who affirmed to practice or had practiced. Regarding the pharmaceutical indication, those who received it averaged 75.4% of the survey, while those who did not received only 45.4%, proving their importance in knowing the pathology and adequate therapeutics.
Descrição: Orientação: Luís Monteiro Rodrigues ; co-orientação: Maria Manuela Gomes Teixeira
URI: http://hdl.handle.net/10437/9060
Data: 2017


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
TESE FINAL_Ana Ferreira.pdf 627Kb PDF Visualizar/Abrir Dissertação de Mestrado

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta