A identidade das pessoas idosas institucionalizadas

DSpace/Manakin Repository

A identidade das pessoas idosas institucionalizadas

Apresentar o registro completo

Título: A identidade das pessoas idosas institucionalizadas
Autor: Guimarães, Rozana Pereira Antunes
Resumo: Este trabalho situa-se no contexto do aumento contínuo do envelhecimento populacional em Portugal. O aumento da esperança de vida, as transformações no individuo a nível biopsicossocial, são evidenciados ao longo de todo o processo do envelhecimento e os estudos gerontológicos, as teorias do envelhecimento tentam indicar o fator principal deste fenómeno que é envelhecer. Com o objetivo de analisar o autoconhecimento e perceber como a transição do ciclo de vida (da residencia das pessoas idosas para as unidades residenciais) afeta os hábitos, costumes crenças, isto é, sua identidade pessoal, destas pessoas. Pretendemos responder à seguinte questão: A institucionalização das pessoas idosas transforma a sua identidade pessoal? Sabemos que a identidade atribuída refletida e a representação social cruzam-se com as auto perceções, com a identidade construída e espelhada e com o social que é prefigurada sobre o envelhecimento que a sociedade estereotipou ao logo dos anos, isto é, como os outros me vêm e como eu me vejo a mim. Em relação à metodologia utilizada, optamos por uma abordagem qualitativa, por se considerar que as temáticas em estudo seriam valorizadas através de uma investigação que desse voz aos participantes. A técnica utilizada foi a entrevista semiestruturada na recolha de dados e para este efeito foram entrevistadas oito pessoas idosas, três do sexo masculino e cinco do sexo feminino com profissões diversas, advindos de diferentes regiões do país, e com idades compreendidas entre os 65 anos e os 97 anos e residentes numa URPI no conselho de Cascais. Concluísse que a pessoa idosa tem sua identidade pessoal atribuída refetida afetada sim pela institucionalização, porém não tem nenhum interesse em transformar sua identidade pessoal espelhada, pelo contrário, tentam guarda como um grande tesouro que conquistou em sua trajetória de vida.This work is in the context of the continuous increase of population aging in Portugal. The increase in life expectancy, changes in the individual at the biopsychosocial level, are evidenced throughout the aging process and gerontological studies, the theories of aging try to indicate the main factor of this phenomenon that is aging. In order to analyze self-knowledge and to understand how the transition from the life cycle (from the residence of the elderly to the residential units) affects habits, customs beliefs, that is, their personal identity, of these people. We want to answer the following question: Does the institutionalization of the elderly transform their personal identity? We know that reflected attributed identity and social representation intersect with self-perceptions, with built and mirrored identity, and with social identity that is prefigured about the aging that society has stereotyped at the turn of the years, that is, how others they come and how I see myself. Regarding the methodology used, we opted for a qualitative approach, considering that the themes under study would be valued through an investigation that gave voice to the participants. The technique used was the semi-structured interview in the data collection and for this purpose eight elderly people were interviewed, three males and five females with different professions, coming from different regions of the country, and aged 65 years and over. the 97 years old and resident in a URPI in the council of Cascais. It should be concluded that the elderly person has his / her assigned personal identity remade affected by institutionalization, but has no interest in transforming his / her personal identity, on the contrary, they try to guard like a great treasure that has conquered in their life trajectory.
Descrição: Orientação: Maria Irene Carvalho
URI: http://hdl.handle.net/10437/9037
Data: 2018


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
Rozana Guimaraes - Dissertação FORMATADA.pdf 1.466Mb PDF Visualizar/Abrir Dissertação de Mestrado

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta