Motivação e adesão ao exercício físico : um estudo relacionando o excesso de peso e obesidade com as funções executivas

DSpace/Manakin Repository

Motivação e adesão ao exercício físico : um estudo relacionando o excesso de peso e obesidade com as funções executivas

Show full item record

Title: Motivação e adesão ao exercício físico : um estudo relacionando o excesso de peso e obesidade com as funções executivas
Author: Ribeiro, André Luciano Antunes
Abstract: Introdução: Procurou-se analisar a associação entre a motivação e adesão ao exercício físico (EF) e as funções executivas (FE) em indivíduos do sexo feminino praticantes de EF com excesso de peso ou obesidade comparando com normoponderais. Método: Efetuou-se uma revisão sistemática da literatura (RSL), seguida de um estudo observacional onde se aplicou questionários para avaliar o nível de motivação e o estado das FE. A amostra consistiu em 82 clientes do sexo feminino e praticantes de exercício físico. Resultados: Na RSL encontrou-se 7 estudos, onde por exemplo se verificou que a prática de exercício físico por motivação intrínseca tem muitos mais benefícios que por motivos externos (Silva et al., 2010) e que o exercício físico provoca uma melhoria nas FE (Alves et al., 2012. No estudo observacional verificou-se que os normoponderais apresentavam mais motivação identificada (p=.041) e integrada (p=.017). As participantes que sentem pressão para perder peso apresentam mais motivação introjetada (p=.041) e mais motivos de saúde (p=.011) do que os que não sentem pressão. Discussão: Ao falar-se em nível de obesidade, verifica-se que os normoponderais apresentam uma motivação mais intrínseca e valores de FE dentro da normalidade quando comparados com os indivíduos com excesso de peso e obesidade. Não se encontrou relação entre as FE e o tipo de motivação, mas verificou-se um tipo de motivação mais introjetada para quem sente pressão para a prática de exercício.Introduction: We sought to analyze the association between motivation and adherence to physical exercise (PE) and executive functions (EF) in female practitioners of physical exercise who are overweight or obese compared to normoponderal. Methods: We performed a systematic literature review (SLR), followed by an observational study where we applied questionnaires to assess the level of motivation and the state of the EF. The sample consisted of 82 female clients and physical exercise practitioners. Results: In the SLR we found 7 studies, where for example it was verified that the practice of physical exercise by intrinsic motivation has many more benefits than for external reasons (Silva et al. 2010) and that physical exercise causes an improvement in EF (Alves et al., 2012). In the observational study, the normoponderals showed more identified motivation (p = .041) and integrated motivation (p = .017). Participants who feel pressure to lose weight have more introjected motivation (p = .041) and more health reasons (p = .011) than those who do not feel pressure. Discussion: When speaking of obesity, normoponderals have a more intrinsic motivation and values of EF within normality when compared with individuals with excess weight and obesity. There was no relationship between EF and the type of motivation, but there was a more introjected type of motivation for those who feel pressure for the practice of exercise.
Description: Orientação: António João Labisa da Silva Palmeira
URI: http://hdl.handle.net/10437/9005
Date: 2018


Files in this item

Files Size Format View Description
Final 3_Andre_Ribeiro.pdf 742.8Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account