Avaliação comparativa da concordância entre citologia interna e histologia em lesões suspeitas de neoplasia em cães: estudo retrospetivo de cinco anos

DSpace/Manakin Repository

Avaliação comparativa da concordância entre citologia interna e histologia em lesões suspeitas de neoplasia em cães: estudo retrospetivo de cinco anos

Apresentar o registro completo

Título: Avaliação comparativa da concordância entre citologia interna e histologia em lesões suspeitas de neoplasia em cães: estudo retrospetivo de cinco anos
Autor: Cravo, Francisco António
Resumo: A frequência de neoplasias em animais de companhia tem registado um aumento nas últimas décadas, assumindo a citologia e a histologia um papel fulcral no seu diagnóstico. O presente estudo retrospetivo teve como objetivo determinar se existem diferenças significativas na obtenção do diagnóstico oncológico recorrendo ao exame citológico, realizado internamente por um médico veterinário não especializado do corpo clínico, e ao exame histológico (gold standard), efetuado externamente em laboratório de referência. Foram analisadas 49 lesões, das quais 42 neoplasias, existentes em cães presentes a consulta no período compreendido entre 1 de janeiro de 2012 e 31 de dezembro de 2016. Estes foram submetidos concomitantemente a citologia, realizada no hospital VetSet, e histologia, efetuada no Laboratório de Investigação Científica e Análises Moleculares (DNAtech), em Lisboa. A concordância entre os diagnósticos citológicos e histológicos observou-se em menos de metade dos casos, 48,98%, na classificação das lesões como neoplásicas ou não neoplásicas, 28,57% na diferenciação de neoplasias benignas e malignas e apenas 47,62% quando a análise comparativa se refere ao tipo celular da lesão neoplásica (epitelial, mesenquimatosa, discreta de células redondas e melanoma). As neoplasias em que se registou uma maior percentagem de concordância total dos dois exames foram o adenoma das glândulas hepatóides, o sarcoma de tecidos moles (indiferenciado e perivascular), os mastocitomas e o carcinoma mamário.The frequency of neoplasms in companion animals has increased in recent decades, with cytology and histology playing a key role in their diagnosis. The present retrospective study had as objective to determine if there are significant differences in obtaining the oncological diagnosis using a cytological examination performed internally by a non-specialized veterinarian of the clinical body and histological (gold standard) exams, carried out externally in a laboratory of reference. A total of 49 lesions were analyzed, including 42 cancers in dogs present to consultation in the period between January 1, 2012 and December 31, 2016. These were submitted to cytology at the VetSet Hospital and histology was performed at the Laboratory of Scientific Research and Molecular Analysis (DNAtech) in Lisbon. The concordance between the cytological and histological diagnoses was observed in less than half of the cases, 48.98%, in the definition of the lesions as neoplastic or nonneoplastic, 28.57% in the differentiation of benign and malignant neoplasms and only 47.62% when the comparative analysis refers to the cellular type of the neoplastic lesion (epithelial, mesenchymal, discrete round cell and melanoma). The neoplasms with a higher percentage of total consonance of the two exams were adenoma of the hepatocellular glands, soft tissue sarcoma (undifferentiated and perivascular), mastocytomas and mammary carcinoma.
Descrição: Orientação: Joana Tavares de Oliveira ; co-orientação: Ana Rita Serras
URI: http://hdl.handle.net/10437/8917
Data: 2018


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
Tese Mestrado Francisco Cravo.pdf 595.5Kb PDF Visualizar/Abrir Dissertação de mestrado

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta