Qualidades psicométricas da Iowa Gambling Task em saúde mental

DSpace/Manakin Repository

Qualidades psicométricas da Iowa Gambling Task em saúde mental

Show full item record

Title: Qualidades psicométricas da Iowa Gambling Task em saúde mental
Author: Ferreira, Dalila Cabral
Abstract: A Iowa Gambling Task (IGT) é uma prova de avaliação neuropsicológica utilizada com o intuito de avaliar a tomada de decisão do indivíduo. Estudos indicam que indivíduos que manifestem alterações na região dorso-lateral e ventro-medial do córtex pré-frontal apresentam um comprometimento cognitivo no que diz respeito ao seu funcionamento executivo, nomeadamente em relação à sua tomada de decisão. Neste sentido, o objetivo deste estudo é analisar as qualidades psicométricas da IGT, através do cálculo da consistência interna e validade convergente, e também perceber se existem diferenças no desempenho da IGT em dois grupos clínicos. A amostra deste estudo é constituída por 114 participantes, sendo que foram incluídos dois grupos clínicos: indivíduos com diagnóstico de esquizofrenia (n=31) e indivíduos com diagnóstico de perturbação por uso de álcool (n=83). Verificou-se que a IGT tem uma consistência interna credível, mas não se observaram correlações com as medidas convergentes. Verificou-se também que, de uma forma geral, não existem diferenças, a nível do perfil de desempenho, nos dois grupos clínicos, o que sugere um padrão de comprometimento similar entre estas populações.Iowa Gambling Task (IGT) is a neuropsychological test used with the purpose of assessing subject´s decision making. Studies show that subjects who manifest alterations in the dorsolateral and ventro medial prefrontal cortex has a cognitive impairment regarding their executive functions, mainly concerning their decision making. In this way, the objective of this study is not only to analyse ITG´s psychometric properties through the determination of internal consistency and the convergence validity but also to analyse if there are any differences in the performance of IGT in two different clinical groups. This study´s sample consists of 114 participants divided into two clinical groups: individuals with schizophrenia (n=31) and individuals with alcohol abuse disorder (n=83). It was shown that IGT has a credible internal consistency but it was not observed a correlation with the convergence measurements. It was also shown that there are no differences in the performance profile of both clinical groups which suggests a similar behavior pattern in these two populations.
Description: Orientação: Paulo Lopes ; co-orientador: Jorge Oliveira
URI: http://hdl.handle.net/10437/8808
Date: 2017


Files in this item

Files Size Format View Description
TESE DEFINITIVA_Dalila.pdf 907.9Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account