Comunicar para incluir : o processo de inclusão de uma criança com paralisia cerebral num grupo de jardim de infância

DSpace/Manakin Repository

Comunicar para incluir : o processo de inclusão de uma criança com paralisia cerebral num grupo de jardim de infância

Show full item record

Title: Comunicar para incluir : o processo de inclusão de uma criança com paralisia cerebral num grupo de jardim de infância
Author: Carvalho, Anabela Adelaide Caeiro
Abstract: O presente trabalho é um relatório de um projeto de investigação-ação, no âmbito do Mestrado em Ciências da Educação – Educação Especial: Domínio Cognitivo e Motor. Este trabalho de projeto tem como enfoque um grupo de crianças da Educação pré-escolar, do qual faz parte uma criança com Paralisia Cerebral. Esta criança apresenta dificuldades motoras e de comunicação, estando a linguagem oral ausente. O trabalho envolveu diferentes contextos educativos, os respetivos intervenientes, assim como os próprios pares. A intervenção que integra este trabalho de projeto teve como objetivos melhorar os níveis de interação no grupo de crianças e promover o desenvolvimento da comunicação e da participação nas atividades do jardim-deinfância. Foi utilizado um sistema de Comunicação Aumentativa, Sistema Pictográfico de Comunicação (SPC), promoveu-se o diálogo, a partilha de conhecimentos e a participação dos vários intervenientes educativos, desencadeando, assim, um trabalho de inclusão dirigido à criança e aos seus pares, envolvendo também a família. Neste trabalho utilizámos uma metodologia qualitativa, com recurso a entrevistas aos implicados no processo educativo, ao Programa Portage, à tabela de comunicação Communication Supports Inventory-Children and Youth (CSY-CY) e, ainda, a observações em sala de aula, com registo e análise das atividades desenvolvidas, numa dinâmica cíclica e em espiral de ação/reflexão/ação, transformando sistematicamente os resultados da reflexão em praxis. Da partilha de experiências, vivências e opiniões, resultou um trabalho para o grupo e com o grupo do jardim-de-infância, permitindo-nos observar e confirmar a importância da Comunicação Alternativa e Aumentativa e o uso das Tecnologias de Apoio, para uma melhor participação e interação de todos os envolvidos.The present work is a report of an action-research project, within the scope of the Master's Degree in Educational Sciences - Special Education: Cognitive and motor domain. This project work is based on an intervention project as a focus of a group of preschool education children, which is part of projects for the development of a child with Cerebral Palsy at preschool age and in the classroom context. This child presents with motor and communication difficulties, and oral language is absent. The approach to development of this child the work involved involved different educational contexts, the respective actors, and so did the peers themselves. In the development of a pre-school child with Cerebral Palsy and motor and communication difficulties, without oral language, in a classroom context with the group / class. The intervention that integrates this project work the project the intervention that integrates it have as objectives to improve the levels of interaction in the group of children and to promote the development of communication and participation in the activities of kindergarten. It was used a system of Increasing Communication, Pictographic Communication System (SPC), promoted dialogue, knowledge sharing and participation of various educational actors, thus triggering an inclusion work aimed at children and their peers, involving the family as well. In this work, we used a qualitative methodology approach, using interviews with those involved in the educational process, the Portage Program, the Communication Supports Inventory-Children and Youth (CSY-CY) communication table, as well as classroom observations, with registration and analysis of the activities developed, in a cyclical dynamic and in a spiral of action / reflection / action, systematically transforming the results of reflection into praxis. In order to translate reality into study, being a more profound and meaningful approach where the field of investigation is more real. We posed an issue as a starting point: How to act so that a kindergarten group feels co-responsible and acts so that each and every one of them interact and learn? The sharing of experiences, experiences and opinions resulted in work for the group and the kindergarten group, allowing us to observe and confirm the importance of Alternative and Increasing Communication and the use of the Support Technologies for a better Participation and interaction of all involved.
Description: Orientação: Isabel Rodrigues Sanches ; co-orientação: Margarida Nunes da Ponte
URI: http://hdl.handle.net/10437/8803
Date: 2017


Files in this item

Files Size Format View Description
Anabela.pdf 2.397Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account