Assédio moral e funcionamento psicológico de trabalhadores da indústria do mobiliário : o papel moderador do suporte social

DSpace/Manakin Repository

Assédio moral e funcionamento psicológico de trabalhadores da indústria do mobiliário : o papel moderador do suporte social

Show full item record

Title: Assédio moral e funcionamento psicológico de trabalhadores da indústria do mobiliário : o papel moderador do suporte social
Author: Pereira, Nuno Manuel Alves
Abstract: Quando se fala ou pensa em violência, é inevitável a associação a atos de agressão física, ou seja atos concretos que resultam em danos objetivos e observáveis. Porém, no que se refere à violência em contexto laboral, nomeadamente o assédio moral existe muito mais a ter em conta uma vez que esta forma de violência é muitas vezes praticada de forma subtil e perniciosa, gerando vitimas nos mais diversos níveis da organização.Este trabalho tem como propósito contribuir para a investigação existente sobre assédio moral no local de trabalho, através da realização de um estudo deste fenómeno no sector da industria do mobiliario. O presente estudo teve como principal objetivo testar o papel moderador do Suporte Social na predição do funcionamento psicológico atual, tendo como variável antecedente a experiência de assédio moral no trabalho durante o último ano. A amostra foi constituída por 202 sujeitos de ambos os sexos(76.6% do sexo masculino; 23.8% sexo feminino), com idades compreendidas entre os 18 e os 64 anos (M=35.34;DP=13,30). O protocolo de instrumentos incluiuum questionário sociodemográfico, uma medida de sintomas psicopatológicos (BSI), uma medida de bem estar psicológico (EBEP), uma medida de experiências de vitimação (Questionário de Experiência de Vitimação na Idade Adulta) e uma medida de suporte social (Escala Multidimensional de Suporte Social Percebido). Foram encontradas correlações positivamente significativas entre todas as experiências de vitimação e ambas as subescalas de psicopatologia, indicando que níveis superiores destes tipos de vitimação se associam a níveis superiores de sintomas depressivos e ansiosos. Relativamente ao papel do suporte social, foi possível verificar um efeito de interação/moderação estatisticamente significativo do Suporte Social na relação entre o assédio moral e o bem estar psicológico, mais especificamente, nas dimensões relativas às Relações Positivas e Aceitação de Si. Palavras-chave: assédio moral no trabalho, bem-estar psicológico, bem-estar subjetivo, bem-estar no trabalho, suporte social.When we speak or think in violence it’s inevitable the connection with acts of physical abuse, acts that result in real and visible physical damage. However when we are talking about violence at workplace we have much more to have in mind in particular the harassment because this type of violence happens in a subtle andpernicious way, making victims in all levels of the organization. The purpose of this project is contribute to the existing investigation about harassment at workplace through the study of this phenomenon in the furniture industry.In this empirical study that we use the quantitative methodology with the objective of realizewhich are the impact of the harassmentin the well-being and understand what is the role of social support to minimize the effects of harassment.The data collecting to the investigation was madein paper format with in person registration. The sample consisted of 202 subjects of both sexes, (76.6% male) e (23.8% female), agedbetween 18 and 64 (M=35.34;DP=13,30). The administered instruments protocol included a sociodemographic questionnaire,psychopathological symptoms measure (BSI; Degoratis, 1982; adapted by Canavarro, 2007), psychological well-being measure (Scales of Psychological Well-Being - EBEP; Ryff, (1989),adapted by Novo, 2003). One measure of Victimization Experiences Questionnaire in adulthood; Lisboa, Barroso, Patrício & Leandro, 2009, adapted by Antunes, Ferreira & Magalhães, 2016) Social Support Scale (Multidimensional Scale of Support social Perceived - (MSPSS); Zimet, Dahlem, Zimet & Farley (1988), adapted by Carvalho Pinto-Gouveia, Pimentel, Maia & Mota-Pereira (2011). In the present study we found positive and significant correlation between experiences of victimization and both psychopathologic sub-scales that indicate that superior levels of this type are associated with superior levels of depressive and anxiety symptoms.Relatively to the role of social support we found a significant statistical effect of interaction/moderation between the social support harassment and Positive Relation dimension, and the self-acceptance dimension.
Description: Orientação: Carla Antunes ; co-orientação: Célia Ferreira
URI: http://hdl.handle.net/10437/8795
Date: 2018


Files in this item

Files Size Format View Description
versao final tese_.pdf 995.2Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account