O turismo e os museus nas estratégias e nas práticas de desenvolvimento territorial

DSpace/Manakin Repository

O turismo e os museus nas estratégias e nas práticas de desenvolvimento territorial

Show simple item record

dc.contributor.author Moreira, Fernando João de Matos
dc.date.accessioned 2008-12-11T16:57:54Z
dc.date.available 2008-12-11T16:57:54Z
dc.date.issued 2008
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/86
dc.description Dissertação apresentada para a obtenção do Grau de Doutor em Museologia no Curso de Doutoramento em Museologia, conferido pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
dc.description.abstract O objecto de estudo definido para este trabalho é estruturado pelas relações triangulares estabelecidas ao longo dos eixos do tempo e do espaço entre desenvolvimento territorial, turismo e museus. A problematização da geometria dessas relações levou ao estabelecimento de um conjunto limitado de hipóteses de partida, as quais serviram de fio condutor ao desenvolvimento da pesquisa. Duas hipóteses principais, embora de alcance diferenciado, foram definidas: a) Num plano mais geral - As orientações e as dinâmicas do desenvolvimento territorial (nas suas vertentes económicas, políticas, sociais e culturais) têm uma correspondência evidente nas transformações verificadas no âmbito do turismo e dos museus, quer em termos conceptuais, quer ao nível das práticas. b) Num plano mais específico - Os museus podem contribuir para a definição de um novo modelo de desenvolvimento turístico com fortes implicações ao nível da coesão territorial e social. No sentido de melhor operacionalizar as hipóteses de partida, as mesmas foram traduzidas num conjunto de questões que lhes estão intimamente associadas. Destas salientamos: i) Quais as relações entre desenvolvimento, turismo e museus? No plano teórico? Nas práticas? Ao longo do período analisado? Nas várias escalas de análise consideradas? ii) Qual o papel específico dos museus no quadro de um novo modelo de desenvolvimento turístico susceptível de promover o progresso e o bem-estar das comunidades locais (o seu desenvolvimento) numa perspectiva integrada? Neste quadro de referência, o trabalho foi organizado em três partes, a primeira, incidindo sobre a discussão do triângulo turismo, museus e desenvolvimento territorial em contextos teórico-conceptuais diferentes dos pontos de vista temporal e espacial; a segunda, incidindo sobre o estudo de caso tendo em mente testar, ao nível local e numa realidade concreta, a matriz teórica e conceptual entretanto estabelecidas; a terceira, incorporando uma junção das conclusões parciais obtidas anteriormente e uma avaliação das hipóteses colocadas inicialmente. Tendo por referência que o conceito de desenvolvimento tem experimentado alterações de monta ao longo do tempo, desde uma dimensão inicial fundamentalmente económica, até uma perspectiva holística de bem estar, que engloba as vertente sociais e da justiça societária, a liberdade de acção e de pensamento e a criatividade, definimos (...) por
dc.format application/pdf
dc.format.extent 12133787 bytes
dc.format.mimetype application/pdf
dc.language.iso por
dc.rights openAccess
dc.subject MUSEOLOGIA
dc.subject TESE
dc.subject DOUTORAMENTO EM MUSEOLOGIA pt
dc.title O turismo e os museus nas estratégias e nas práticas de desenvolvimento territorial por
dc.type doctoralThesis
dc.description.abstract2 The object of the research underlying this thesis consists of the triangular relationships between territorial development, tourism and museums, as regarded from a both spatial and temporal perspective. The specific way in which the geometry of these relationships was conceptualised led to putting forth a limited set of provisional hypotheses, which in turn served as a road map in the subsequent development of the research. Two main hypotheses were thus laid out at two different levels: a) At a more general level - An obvious correspondence, both in conceptual terms and at the level of practices, can be found between the aims, dynamics and guidelines that drive and characterise territorial development (in its economic, political, social and cultural dimensions) and the changes that take place within the ambit of tourism and museums. b) At a more specific level - Museums can contribute significantly to the definition of a new model of tourism development, which has considerable implications in terms of social and territorial cohesion. In order to provide these research hypotheses with a workable operational content, they were then converted into a set of closely related research questions. Among these questions, it is especially important to highlight the following: (i) In what ways are development, tourism and museums related? Theoretically? At the level of practices? Throughout the period under analysis? At the various geographical scales considered herein? (ii) What specific roles do, and can, museums play in the context of a new model of tourism development that is better suited to promoting the progress and well-being of the local communities (i.e. their development) in an integrated perspective? In accordance with this framework, the research was divided into three different parts: the first one consisted of a discussion of the “tourism-museums-territorial development” triangle, as regarded from a both spatial and temporal perspective and in accordance with different theoretical-conceptual traditions; the second one relied on case-study methodology in order to test, at the local level and in a concrete context, the theoretical and conceptual framework previously put forth; and the third part consisted of an attempt to bring together the partial conclusions (...) eng
dc.identifier.tid 101172230


Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_fernando_moreira.pdf 11.57Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account