Movimentos autárquicos não-partidários: os casos de Portalegre e do Redondo

DSpace/Manakin Repository

Movimentos autárquicos não-partidários: os casos de Portalegre e do Redondo

Show full item record

Title: Movimentos autárquicos não-partidários: os casos de Portalegre e do Redondo
Author: Carochinho, José António; Neutel, Fernanda
Abstract: O presente trabalho procura enquadrar o fenómeno dos grupos de cidadãos, en-quanto movimentos sociais da actualidade no campo da representação sociopo-lítica. Após esse enquadramento este paper apresenta dois desses movimentos que foram bem-sucedidos em anteriores actos eleitorais: o movimento MICRE, do município do Redondo, e o movimento CLIP, no município de Portalegre. Analisamos a sua origem, a sua estruturação e o seu modus operandi. A análise do contexto em que ambos emergem (ambos com ligações anteriores a partidos políticos) justificam a nossa opção pelo tratamento destes grupos de cidadãos como movimentos autárquicos não-partidários.This paper establishes the citizen group as a phenomenon as a field of social-political representation within the framework of present-day social movements. Then, it examines two successful movements in previous elections: The MICRE, movement in Redondo municipality, and the CLI,P movement in Portalegre municipality. Their origins, organization and modus operadi are analysed. The fact that both emerge from former connections to political parties accounts for our analysis of those movements as non-partisan municipal citizen groups.
URI: http://hdl.handle.net/10437/8581
Date: 2017


Files in this item

Files Size Format View Description
o caso de Portalegre.pdf 135.9Kb PDF View/Open Artigo

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account