Da revista híbrida à leitura digital : análise comparativa entre a Aspen Magazine e a Triple Canopy

DSpace/Manakin Repository

Da revista híbrida à leitura digital : análise comparativa entre a Aspen Magazine e a Triple Canopy

Show full item record

Title: Da revista híbrida à leitura digital : análise comparativa entre a Aspen Magazine e a Triple Canopy
Author: Baptista, Joana Marta Rodrigues
Abstract: A mudança de paradigma do analógico para o digital implicou mudanças significativas nos diversos meios, em particular nos objetos editoriais e o modo como são pensados e desenvolvidos. Cada vez que nos deparamos com o aparecimento de um novo meio de comunicação, é necessário reequacionar os discursos, as práticas, as estéticas e as convenções que lhes são próprios. Nos anos 1960, a Revista Aspen, para além de, culturalmente relevante ao nível dos conteúdos que disponibilizava, foi pioneira na tentativa de proporcionar ao leitor uma nova forma de experiência sensorial e de interação, ao integrar extensões multimédia como som, audiovisual, fotografia, etc., na caixa que continha a revista. Uma das alterações que os novos media, em particular o hipertexto, vieram proporcionar foi a interação virtual com objetos editoriais e multimédia. Certamente que a leiturabilidade e a experiência de interação com um objecto editorial, em formato físico, é dissemelhante de um em formato digital. Em que pontos diferem e em que matérias se tocam, são questões às quais se procura dar resposta, recorrendo, para tal, à análise comparativa entre uma revista de formato híbrido (Aspen Magazine) e uma revista de formato digital (Triple Canopy).The paradigm shift from analog to digital implied significant changes in many particular ways in editorial objects and how they are conceived and developed. Each time we encounter the emergence of a new medium, it is necessary to rethink the discourses, practices, aesthetic and conventions appropriate to them. In the 1960s, the Aspen Magazine, as well as culturally relevant at the level of content which provided, pioneered in an attempt to provide the reader with a new form of sensory experience and interaction by integrating multimedia extensions such as sound, audiovisual, photography, etc., in the box that contained the magazine. One of the changes that the new media, in particular hypertext, came to provide was the virtual interaction with editorial and multimedia objects. Certainly readability and interaction experience with an editorial subject is dissimilar in physical format than in a digital format. At what points differ and what matters they touch, are questions to which seeks to address, using for such, the comparative analysis between hybrid format magazine (Aspen Magazine) and a digital magazine (Triple Canopy).
Description: Orientação: Sónia Isabel Ferreira dos Santos Rafael
URI: http://hdl.handle.net/10437/8215
Date: 2017


Files in this item

Files Size Format View Description
TESE_FINAL com júri e data.pdf 2.638Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account