Impacto de uma morte fetal ou neonatal nos homens e comunicação do casal acerca da perda: percepção feminina

DSpace/Manakin Repository

Impacto de uma morte fetal ou neonatal nos homens e comunicação do casal acerca da perda: percepção feminina

Show full item record

Title: Impacto de uma morte fetal ou neonatal nos homens e comunicação do casal acerca da perda: percepção feminina
Author: Mourão, Ana Filipa da Silva
Abstract: A morte fetal ou neonatal é um acontecimento de vida que gera sofrimento e é traumático para os homens, tendo impacto na comunicação do casal. Este estudo teve como objectivos gerais estudar o impacto da morte fetal ou neonatal nos homens e a comunicação acerca da perda segundo a percepção das companheiras. Participaram 46 mulheres que preencheram um protocolo de avaliação composto por: ficha de dados sociodemográficos e clínicos, Escala de Luto Perinatal, Escala de Impacto de Eventos-Revista, Escala de Avaliação Relacional e Questionário de Estilos Afectivos. Verificou-se que a maioria dos homens não apresentou reacções clinicamente significativas de luto e de trauma; o aumento da sintomatologia de luto se associou ao aumento da sintomatologia de trauma; o tempo decorrido desde a perda se associou negativamente com todas as variáveis da comunicação, excepto a satisfação; o aumento de sintomatologia de luto activo (luto) e de intrusão (trauma) se associou ao aumento de todas as variáveis da comunicação. A morte de um bebé é simultaneamente uma perda e um acontecimento traumático que potencia problemas ao nível da comunicação e, como tal, é necessário ajudar os homens a desenvolver estratégias que permitam expressar-se emocionalmente sobre a perda, fomentando também estratégias de resolução de problemas.Fetal or neonatal death is a life event that creates suffering and is traumatic for men, having impact on couple communication. This study was overall objectives to study the impact of fetal or neonatal death in men and the communication about the loss according to the perception of companions. The study comprised 46 women who completed an evaluation protocol composed of sociodemographic and clinical data sheet, Perinatal Grief Scale, Impact of Event Scale – Revised, Relationship Assessment Scale and Affective Style Questionnaire. It was found that most men had no clinically significant reactions of grief and trauma; increasing the mourning symptoms associated with an increased trauma symptomatology; the time elapsed since the loss is negatively associated with all variables of communication, except the satisfaction; increased symptoms of active grief (bereavement) and intrusion (trauma) was associated with increased all the variables of communication. The death of a baby is both a loss and a traumatic event that power problems at the level of communication and as such it is necessary to help men develop strategies to express themselves emotionally over the loss also fostering problem-solving strategies.
Description: Orientação: Bárbara Nazaré
URI: http://hdl.handle.net/10437/7835
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Definitiva (Ana Fílipa Mourão).pdf 597.0Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account