Desigualdade social como factor de risco para perpetração de violência íntima

DSpace/Manakin Repository

Desigualdade social como factor de risco para perpetração de violência íntima

Show simple item record

dc.contributor.advisor Cabral, Joana, orient.
dc.contributor.author Galvão, Ana Patrícia Lourenço
dc.date.accessioned 2017-03-30T17:39:32Z
dc.date.available 2017-03-30T17:39:32Z
dc.date.issued 2016
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/7820
dc.description Orientação: Joana Maria Barreto Ramos de Almeida Cabral pt
dc.description.abstract O presente estudo pretende explorar a relação entre a desigualdade percebida e a perpetração de violência no contexto das relações de intimidade. Os participantes tinham idades compreendidas entre os 18 e os 72 anos (M =29,97, D.P. = 12,46) sendo 138 do sexo feminino (80,2%) e 34 do sexo masculino (19,8%). Administraram-se os seguintes instrumentos: Instrumento de Desigualdade Percebida (IDP, Antunes, Ferreira, Moreira, Pasion& Cabral, 2016 – versao para investigação), Questionário Experiências de Vitimação na Idade Adulta (QEVIA, Lisboa, Barroso, Patrício & Leandro, 2009; adaptado por Cabral, Coelho, Galvão e Moreira, 2016 – versão para investigação) e o Inventário de Experiências de Discriminação (IED, Antunes, Ferreira & Cabral, 2016 – versão para investigação). Os resultados sugerem que a desigualdade e a discriminação percebidas são preditores de perpetração na relação íntima, como também, os recursos materais e económicos percebidos e o estatuto social percebido predizem VRI. Este estudo sublinha a importância da desigualdade social percebida como factor de risco para a perpetração em contexto de relação de intimidade. pt
dc.description.abstract This study aims to explore the relationship between perceived inequality and the perpetration of violence in the context of intimate relationships. Participants were aged between 18 and 72 years (M = 29.97, SEM = 12.46) and 138 female (80.2%) and 34 males (19.8%). The following instruments were administered: Inequality Perceived Instrument (IDP, Antunes Ferreira, Moreira, Pasion& Cabral, 2016 - version for research) Questionnaire of Victimization Experiences in Adulthood (QEVIA, Lisbon, Barroso, Patrício & Leandro, 2009 , adapted by Cabral, Coelho, Galvao and Moreira, 2016 - version for research) and the Inventory of Discrimination Experiences (IED, Antunes Ferreira & Cabral, 2016 - version for research). The results suggest that perceived inequality and discrimination are predictive of perpetration intimate relationship, bu talso materials and economic resources and perceived social status are predictive of VRI. This study underlines the importance of perceived social inequality as a risk factor for the perpetration in the context of intimate relationship. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE pt
dc.subject PSICOLOGIA pt
dc.subject PSYCHOLOGY en
dc.subject PSICOLOGIA CLÍNICA pt
dc.subject CLINICAL PSYCHOLOGY en
dc.subject DESIGUALDADES SOCIAIS pt
dc.subject SOCIAL INEQUALITIES en
dc.subject VIOLÊNCIA pt
dc.subject VIOLENCE en
dc.subject RELAÇÕES DE INTIMIDADE pt
dc.subject INTIMATE RELATIONSHIP en
dc.title Desigualdade social como factor de risco para perpetração de violência íntima pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201533928


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Pat ... igualdade Social_Final.pdf 721.5Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account