Vinculação e comportamentos abusivos nas relações de intimidade entre adolescentes e jovens adultos

DSpace/Manakin Repository

Vinculação e comportamentos abusivos nas relações de intimidade entre adolescentes e jovens adultos

Apresentar o registro completo

Título: Vinculação e comportamentos abusivos nas relações de intimidade entre adolescentes e jovens adultos
Autor: Fernandes, Sónia Sofia da Costa
Resumo: O presente estudo pretende contribuir para explorar modalidades de abuso menos estudadas nas formas da rejeição, do controlo e da hostilidade. Analisando não apenas a influência da vinculação, aos pais e ao par romântico e das estratégias de regulação emocional como uma relação triádica de mediação pela regulação emocional na associação entre a vinculação e a regulação emocional. A amostra do estudo inclui 115 participantes jovens adultos, sendo que 93 (80.9%) são do sexo feminino e 22 (19,1%) corresponde ao sexo masculino, com idades compreendidas entre 18 e 44 (M = 25.72; DP = 6,47), sendo usada uma amostra por conveniência. Foram administrados os seguintes instrumentos: Perceptions of Adult Attachment Questionnaire (Lichenstein & Cassidy, 1991; Adaptado por Cabral & Peres, 2013); Questionário de Vinculação Amorosa (Matos & Costa, 2001; versão breve por Matos, Cabral, & Costa, 2008); Escala de Dificuldades na Regulação Emocional (Gratz & Roemer, 2004; Adaptado por Coutinho, Ribeiro, Ferreirinha & Dias, 2010); Rummintive Responses Scale (Treynor, Gonzales & Nolen-Hoeksema, 2003; Adaptado por Matos & Cabral, 2004); Trait Meta-Mood Scale (Salovey, Goldman & Palfai, 1995; Adaptado por Cabral & Matos, 2004) e Intimate Partner Acceptance-Rejection/Control Questionnaire (Rohner, 2001, 2004; Adaptado por Cabral & Fernandes, 2016); Concluiu-se que sujeitos com níveis superiores de insegurança na vinculação aos pais e ao par romântico revelam níveis superiores de perpretação de comportamentos abusivos nas relações de intimidade. Sugerem, igualmente, que níveis superiores de dificuldade de regulação emocional revelam níveis superiores de perpetração de abuso. Por fim, confirma-se o papel mediador da regulação emocional na associação entre a vinculação ao par romântico e perpetração de comportamentos abusivos nas relações de intimidade, verificando-se a configuração dos mediadores varia em função da natureza das dimensões de vinculação e de abuso.This study intends to explore abuse modalities least studied in the forms of rejection, control and hostility. Analyzing not only the influence of the attachment, the parents and the romantic couple and emotion regulation strategies as a triadic relationship mediation by emotional regulation in the association between attachment and emotional regulation. The study sample included 115 participants young adults, and 93 (80.9%) were female and 22 (19.1%) corresponds to the male, aged between 18 and 44 (M = 25.72, SD = 6, 47), a sample being used for convenience. The following instruments were administered: Perceptions of Adult Attachment Questionnaire (Lichenstein & Cassidy, 1991; Adapted by Cabral & Peres, 2013); Questionário de Vinculação Amorosa (Matos & Costa, 2001; brief version by Matos Cabral, & Costa, 2008); Escala de Dificuldade de Regulação Emocional (Gratz & Roemer, 2004; Adapted by Coutinho, Ribeiro, Ferreirinha & Dias, 2010) Rummintive Responses Scale (Treynor, Gonzalez & Nolen-Hoeksema, 2003; Adapted by Matos & Cabral, 2004) and Trait Meta -Mood Scale (Salovey, Goldman & Palfai, 1995; Adapted by Cabral & Matos, 2004). Intimate Partner Acceptance-Rejection / Control Questionnaire (Rohner, 2001, 2004; Adapted by Cabral & Fernandes, 2016); It was concluded that subjects with higher levels of insecurity in attachment to parents and the romantic couple reveal higher levels of perpetration of abusive behavior in intimate relationships. They suggest also that higher levels of difficulty in emotional regulation reveal higher levels of abuse perpetration. Finally, it is confirmed the mediating role of emotion regulation in the association between adherence to the romantic couple and perpetration of abusive behavior in intimate relationships, checking the configuration of mediators varies depending on the nature of attachment dimensions and abuse.
Descrição: Orientação: Joana Maria Barreto Ramos de Almeida Cabral
URI: http://hdl.handle.net/10437/7769
Data: 2016


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar Descrição
dissertação-Sónia Fernandes- Versão Final.pdf 387.8Kb PDF Visualizar/Abrir Dissertação de Mestrado

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta