Perfil de ácidos gordos na carne : efeito da adição de óleo de linho e soja nas rações de bovinos de engorda, sobre os rendimentos produtivos e tipo de ácidos gordos na carne

DSpace/Manakin Repository

Perfil de ácidos gordos na carne : efeito da adição de óleo de linho e soja nas rações de bovinos de engorda, sobre os rendimentos produtivos e tipo de ácidos gordos na carne

Show full item record

Title: Perfil de ácidos gordos na carne : efeito da adição de óleo de linho e soja nas rações de bovinos de engorda, sobre os rendimentos produtivos e tipo de ácidos gordos na carne
Author: Carvalho, João Miguel Fadista Coelho Ferreira de
Abstract: Nos últimos anos a ideia negativa do consumidor sobre as gorduras de origem animal terá mudado com recentes descobertas, que terão demonstrado que alguns ácidos gordos eram essenciais para a saúde humana, como é o caso dos ácidos gordos insaturados, da serie n-3, n-6 e o ácido linoleico conjugado (CLA). Através da incorporação de óleos de origem vegetal nas dietas dos bovinos, pode-se reduzir os teores de ácidos gordos saturados (AGS) e aumentar os teores de ácidos gordos insaturados (AGI), CLA e reduzir a relação n-6/n-3. No presente trabalho estudou-se os efeitos da incorporação de óleos de origem vegetal (Soja e Linho), sobre os rendimentos produtivos, qualidade carcaça e composição dos ácidos gordos da carne de bovinos de engorda em regime intensivo. Para a realização deste estudo, utilizaram-se 480 novilhos, em regime de engorda intensivo, num sistema alimentar de concentrado mais palha (ad libitum), com a adição de 3 tipos de óleos destintos, com um nível de inclusão de 4% sobre a Matéria Fresca (MF): Grupo controlo (óleo de palma hidrogenada); Grupo 1 (óleo de soja); Grupo 2 (óleo de linho); No estudo foi possível verificar que:  A incorporação de 4% de óleos vegetais (palma hidrogenada, soja e linho) nos concentrados de bovinos para engorda, não influenciam sobre os rendimentos produtivos (GMD, IC, CI) e peso vivo final dos animais.  A carne dos bovinos alimentados com óleo de soja e linho, apresenta valores quase duas vezes superiores na variável C18:1 trans-11 (Ácido Vaccénico), comparativamente ao óleo de palma.  O conteúdo em C18:3 cis-9, cis-12, cis 15 (ácido Linolénico) dos bovinos alimentados com óleo de linho é cerca de 3 vezes superior, comparativamente ao grupo controlo (óleo de palma hidrogenada) e óleo de soja, sendo a relação omega n6/n3, com óleo de linho de 3,39 g/100g, refletindo uma carne com maior qualidade do ponto de vista para a saúde humana.In the last few years the consumers negative idea about the animal fats has changed with recent discoveries, that have demonstrated that some fatty acids were essential for human health, such as the unsaturated fat acids from the series n-3, n-6 and conjugated linoleic acid (CLA). With the incorporation of oil from a vegetable origin on the bovine diet, we can reduce the content of saturated fat acids (AGS), raising unsatured fats acid (AGI), CLA and reduce the relation n-6/n-3. In the present work it was studied the effects of incorporating oil from a vegetable origin (soybean and linen), over the productive income, carcass quality and the composition of the fat acids on bovines meat in intensive regime. To perform this study, it was used 480 steers, in an intensive fattening regime, on a concentrated food system with straw (ad libitum), with the addition of 3 distinct oil types, with a inclusion level of 4% of fresh matter (MF): One control group (Hydrogenated palm oil); Group 1 (Soybean oil); Group 2 (Linen oil); In the study it was possible to verify that:  The incorporation of 4% vegetable oils (Hydrogenated palm, soybean and linen) on the concentrated for bovine fattening, doesn’t influence the productive profitability (GMD, IC, CI) and the final live weight of the animals.  The meat of the bovines feed with soybean and linen oil, showed values almost two times higher on the c18:1 trans-11 (Vaccenic acid) variable when compared against the results with palm oil.  The content of C18:3 cis-9, cis-12, cis-15 (Linolenic acid) on the bovines fed with linen oil is about 3 times higher, when compared with control group (Hydrogenated palm) and soyben oil group, being the omega ratio n6/n3, with linen oil, of 3.39 g/100g, which reflects one meat with a better quality for the human health.
Description: Orientação: João Cannas da Silva ; Co-Orientação: Vicente Jimeno Vinatea
URI: http://hdl.handle.net/10437/7746
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View Description
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account