A difícil memória: musealização do hospital colônia Itapuã, rs, Brasil

DSpace/Manakin Repository

A difícil memória: musealização do hospital colônia Itapuã, rs, Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Ferreira, Maria Leticia Mazzucchi
dc.contributor.author Serres, Juliane Conceição Primon
dc.date.accessioned 2017-02-13T15:24:12Z
dc.date.available 2017-02-13T15:24:12Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.issn ISSN 1646-3714
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/7708
dc.description.abstract Neste texto abordamos o processo de patrimonialização e musealização do Hospital Colônia de Itapuã na cidade de Viamão, Rio Grande do Sul, Brasil. Este hospital, fundado em 1940 foi destinado a atender portadores de Hanseníase, como é denominada a lepra no Brasil, os quais passavam, desde o ingresso na instituição, a viver no que se denominou “Colônia”, uma comunidade formada ao entorno do hospital composta por moradias, escola, templos religiosos, casas de comércio. O hospital passou a ser gradativamente desativado como local de isolamento no início dos anos de 1990, mantendo uma área hospitalar aberta à comunidade residente e moradores vizinhos. Em 2000 para celebrar os 60 anos do Itapuã, se inicia um trabalho dedicado a recuperação da memória do antigo Leprosário, tendo se constituído um Memorial do hospital em 2014. pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.publisher Edições Universitárias Lusófonas pt
dc.rights openAccess
dc.subject MUSEUS pt
dc.subject MUSEUMS pt
dc.subject PATRIMÓNIO pt
dc.subject HERITAGE pt
dc.title A difícil memória: musealização do hospital colônia Itapuã, rs, Brasil pt
dc.type article pt


Files in this item

Files Size Format View
5226-1-16926-1-10-20151031.pdf 5.256Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account