O assistente social como agente da relação entre família e a escola na promoção da inclusão educativa

DSpace/Manakin Repository

O assistente social como agente da relação entre família e a escola na promoção da inclusão educativa

Show full item record

Title: O assistente social como agente da relação entre família e a escola na promoção da inclusão educativa
Author: Souza, Suzane Dantas de
Abstract: Os problemas sociais vivenciados pelos estudantes como indisciplina, evasão escolar, atitudes de comportamentos agressivos, violência, questões étnico-racial na escola, diversidade de orientação sexual, são situações preocupantes para os professores no contexto de sala de aula, apresentando impacto inegável na vida escolar de um número considerável de alunos.Entre as atribuições do assistente social, na área da educação, estão previstas o atendimento e acompanhamento sistemático às famílias e alunos das unidades escolares, monitorar os estudantes em situação de infrequência e evasão escolar. Apesar da sua importância, para o processo de ensino-aprendizagem, esse profissional, não atua nas escolas públicas e na grande maioria das escolas particulares. A investigação teve por objetivo estabelecer um diferencial entre a escola que possui, em seu quadro técnico, Assistente Social, e outra que não o possui. O trabalho apresenta uma revisão de literatura sobre o Assistente Social como Agente da Relação entre Família e a Escola na Promoção da inclusão Educativa, transpondo a abordagem conceitual, o papel do assistente social como mediador do processo de ensino aprendizagem, a educação inclusiva e a relação da família com a escola. O trabalho integra, também, uma pesquisa de campo, que teve como sujeitos de estudo os alunos, os pais, professores, equipe gestora, equipe técnica e assistente social realizada em duas escolas, uma pública e outra particular. Nesse estudo, percebemos que, apesar de uma das escolas, não contar com Assistente Social, as duas apresentam perfis semelhantes no que se refere à atuação da equipe gestora em suas estratégias adotadas na soluçao dos problemas vivenciados pelos alunos. Entretanto,não é suficiente para evitar algumas ocorrências de violência dentro da escola pública, necessitando a atuaçãodo profissional Assistente Social para intervir junto a família. Neste sentido, é dado que os alunos com estes problemas manifestam frequentemente desvios de comportamento e dificuldades de aprendizagem. Assim, percebe-se que a presença do Assistente Social, na escola é fundamental para auxiliar os professores a lidar com estes alunos em contextos escolares, com a aproximaçao entre a escola e as familias, contribuindo para a inclusão destes alunos, melhorando o seu relacionamento com os colegas e professores, bem como, o seu rendimento escolar, autonomia e autoestima.The social problems experienced by students, as indiscipline, truancy, aggressive attitudes and behaviors, violence, ethnic and racial issues in school, diversity of sexual orientation, are worrying situations for teachers in the classroom context, with undeniable impact on school life a considerable number of students. Among the duties of the social worker in the education, are provided for the care and systematic follow-up to families and students in the school units, monitor students in infrequency and truancy situation. Despite their importance to the process of teaching and learning, this professional does not act in the public schools and in most private schools. The investigation aims to establish a differential between the school which has, in its technical, social worker, and one who has not. The research presents a literature review on the social worker as Agent Relationship Between Family and School in Promoting Educational inclusion, bridging the conceptual approach, the role of the social worker as mediator of the teaching-learning process, including education and the family relationship with school. The work includes also a field of research that had as study subjects students, parents, teachers, management team, technical team and social worker, performed in two schools: one public and one private. In this study, we realized that although one of the schools do not count on Social Worker, the two have similar profiles with respect to the performance of the management team in its strategies adopted in the solution of the problems experienced by students. However, it is not enough to prevent some instances of violence within the public school and need the performance of the professional social worker to intervene with the family. In this sense, given that students with these problems often manifest deviant behaviors and learning disabilities. Thus, it is clear that the presence of the social worker in school is critical to help teachers deal with these students in school settings, with the approximation between the school and families, contributing to the inclusion of these students, improving your relationship with peers and teachers, as well as their school performance, autonomy and self-esteem.
Description: Orientação: Jorge Serrano
URI: http://hdl.handle.net/10437/7691
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
DISSERTAÇÃO FINALIZADA Suzane Souza COM JÚRI.pdf 2.652Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account