Qualidade de Vida, estratégias de coping e depressão em professores do Ensino Básico do 1º Ciclo

DSpace/Manakin Repository

Qualidade de Vida, estratégias de coping e depressão em professores do Ensino Básico do 1º Ciclo

Show full item record

Title: Qualidade de Vida, estratégias de coping e depressão em professores do Ensino Básico do 1º Ciclo
Author: Martins, Célia Maria Rafael
Abstract: A depressão é hoje considerada uma das perturbações psicológicas mais comuns, acrescentando-se um grave problema de saúde pública. O estado depressivo inclui factores de ordem fisiológica, social e comportamental. Na linha da psicologia, o conceito de qualidade de vida é auto-estima e respeito pelo seu semelhante, é saber superar as adversidades da vida conservando o equilíbrio mental, é saber usufruir dos momentos da felicidade, é saber garantir relações sociais, é ter boas expetativas em relação ao futuro. Assim, qualidade de vida depende largamente da interação sujeito/sociedade. Coping define-se como atitudes do indivíduo a nível comportamental e cognitivo, que estão em constantes transformações, dependendo da situação, um coping adequado proporciona um ajustamento adequado. Dada a relevância deste problema, esta investigação pretende estudar a associação entre qualidade de vida, estratégias de coping e depressão em professores do ensino básico 1ºciclo. Participaram na presente investigação 101 professores do ensino básico, de naturalidade portuguesa, 15 do sexo masculino e 86 do sexo feminino. Como principais resultados observamos que as estratégias de coping, nesta amostra, apresenta um padrão associativo diferente entre qualidade de vida e depressão, uma vez que as correlações encontradas são inversas. Verificou-se também que os professores do ensino básico avaliados na presente investigação utilizam estratégias de coping mais relacionadas com fuga ou evitação quando existe maior sintomatologia depressiva e associada com um grau de satisfação com a qualidade das suas vidas é inferior.Depression is now considered one of the most common psychological disorders, adding a serious public health problem. The state of depression include factors of a physiological, behavioral and social. In line with the psychology, the concept of quality of life is self-esteem and respect for his fellow man is able to overcome the adversities of life and maintain the balance of mind, is how to enjoy the moments of happiness, is how to ensure social relations, is to have good expectations about the future. Thus, quality of life depends largely on the interaction subject / society. Coping is defined as the attitudes of the individual behavioral and cognitive, that are in constant change, depending on the situation, an appropriate coping provides an appropriate adjustment. Given the importance of this problem, this research aims to study the association between quality of life, coping strategies and depression in a primary school teacher cycle. Participated in this study 101 school teachers of Portuguese natural, 15 male and 86 female. The main results show that coping strategies in this sample shows a pattern different associations between quality of life and depression, since the correlations are reversed. It was also found that elementary school teachers evaluated in this study use more coping strategies related to avoidance or escape when there is more associated with depressive symptoms and a degree of satisfaction with the quality of their lives is lower.
Description: Orientação: Nuno Colaço
URI: http://hdl.handle.net/10437/7657
Date: 2011


Files in this item

Files Size Format View Description
CELIA MARTINS TESE.pdf 2.595Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account