Entre o campo e a cidade : relações e concepções dos docentes acerca dos sujeitos aprendentes da escola do campo

DSpace/Manakin Repository

Entre o campo e a cidade : relações e concepções dos docentes acerca dos sujeitos aprendentes da escola do campo

Show full item record

Title: Entre o campo e a cidade : relações e concepções dos docentes acerca dos sujeitos aprendentes da escola do campo
Author: Santos, Juarez Severino dos
Abstract: Esta investigação se volta para compreender como se manifestam e são vivenciadas as dificuldades dos docentes nas suas práticas pedagógicas na escola do campo e as concepções dos docentes acerca dos sujeitos aprendentes da escola do campo em contraponto à prática pedagógica desenvolvida nas escolas da cidade. Para além desta questão norteadora, esta pesquisa pretende oferecer reflexões para alguns questionamentos: Quais as vivências e as dificuldades dos docentes na sua prática pedagógica da escola do campo? Quais as dificuldades encontradas pelos docentes no desenvolvimento curricular, nomeadamente na contextualização nas condições de aprendizagens dos sujeitos aprendentes? Como os professores se relacionam com a metodologia utilizada na escola do campo? Como trabalhar com os elementos curriculares que norteiam os métodos e práticas educacionais da educação do campo? As categorias teóricas eleitas que deram suporte à investigação empírica foram: cultura da escola; escola do campo; currículo e prática pedagógica. A tentativa de não reconhecer os conhecimentos populares para transformarem em conhecimento científico dando subjetividade a esses saberes, e a proposta de formação que articule princípios filosóficos, epistemológicos e políticos em prol de uma educação comprometida com os anseios populares. A fala da maioria dos profissionais da educação aqui entrevistados, reflete a concepção atual de educação como princípio do desenvolvimento e não só resultado das provas, mas também as relações com a realidade e identidade do sujeito aprendente.This research turns to understand the difficulties of teachers in their pedagogical practices in rural schools, as well as to understand their conceptions about the learners as subjects in rural schools, opposed to the pedagogical practice developed in urban schools. In addition to this main question, this research intended to offer reflections to some questions: which are the difficulties of teachers in their pedagogical practices in a rural school? What are the difficulties found by them regarding the curriculum development, particularly in the contextualization of the conditions of learning for the learners? How teachers relate to the methodology employed in a rural school? How to work with curricular elements that guide the educational methods and practices in the rural education? The theoretical categories selected to give support to the empirical research were: school culture; rural school; curriculum and pedagogical practice. There is a tendency to not recognize popular knowledge as a tool to be transformed into scientific knowledge, which would add subjectivity to the different kinds of knowledge. There is also the need for a training proposal that articulates philosophical, epistemological and political principles in favor of an educational formation committed with popular aspirations. The speech of most education professionals interviewed reflects the current concept of education as a principle of development, and not only a result of the application of tests, which can give support to the relations with reality and identity of the learner.
Description: Orientação: Maria Eduarda Margarido Pires ; co-orientação: Maria das Graças Andrade Ataíde de Almeida
URI: http://hdl.handle.net/10437/7431
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Juarez Santos - Dissertação.pdf 9.159Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account