Atrás da câmara : estudo da personalidade, ansiedade, depressão e stress em fotojornalistas

DSpace/Manakin Repository

Atrás da câmara : estudo da personalidade, ansiedade, depressão e stress em fotojornalistas

Show full item record

Title: Atrás da câmara : estudo da personalidade, ansiedade, depressão e stress em fotojornalistas
Author: Oliveira, Pedro Daniel Costa de 
Abstract: O contexto de conflito armado é propenso a riscos físicos e psicológicos tornando os fotojornalistas em risco de eventuais problemas de saúde mental. Na presente investigação participaram 60 fotojornalistas portugueses, 30 dos quais trabalharam pelo menos uma vez na vida em contexto de conflito armado em cenário internacional. A partir desta amostra foram criados dois grupos: o primeiro, Grupo I, corresponde aos fotojornalistas portugueses que trabalharam pelo menos uma vez na vida em contexto de conflito armado sendo este constituído predominantemente por indivíduos do sexo masculino, 93%, cuja média de idades é 47 anos, onde o elemento mais novo tem 30 anos e o mais velho 65; o segundo, Grupo II, constituído por fotojornalistas portugueses que nunca trabalharam em contexto de conflito armado, é também constituído predominantemente por indivíduos do sexo masculino, 83%, cuja média de idades é 38 anos, onde o elemento mais novo tem 28 anos e o mais velho 58. Pretendemos verificar se os fotojornalistas do Grupo I diferem na dimensão Neuroticismo dos fotojornalistas do Grupo II, e também se o Grupo I difere quanto à depressão, ansiedade e stress do Grupo II. Os instrumentos de avaliação utilizados foram: o Big Five Inventory, BFI (Benet -Martinez e John, 1998) e a Depression Anxiety Stress Scale, DASS- 42 (Lovibond, 1995). A análise dos resultados, relativamente à dimensão do Neuroticismo, permitiu-nos verificar a não existência de diferenças estatisticamente significativas entre os Grupos I e II; a diferença verificada é na dimensão de Conscienciosidade; quanto aos níveis de Ansiedade, Depressão e Stress também verificamos que não existem diferenças estatisticamente significativas entre os dois Grupos.The armed conflict is prone to physical and psychological risks becoming photojournalists at risk of possible mental health problems. In this research participated 60 Portuguese photojournalists, 30 of whom worked at least once in their life in the context of armed conflict on the international stage. From this sample we created two groups: the first, Group I, corresponds to photojournalists who worked in armed conflict which is composed mainly of males, 93 %, whose average age is 47 years, where the element most young is 30 years old and the oldest 65; the second, Group II, it also consists predominantly of males, 83 %, whose average age is 38 years, where the youngest member is 28 years old and the oldest 58. We intend to verify that the photojournalists from Group I differ in the Neuroticism dimension from the photojournalists of Group II, and that Group I also differs in depression, anxiety and stress from Group II . The used assessment instruments were: the Big Five Inventory , BFI ( Benet - Martinez e John , 1998) and the Depression Anxiety Stress Scale , DASS - 42 ( Lovibond , 1995) . The results, regarding the dimension of Neuroticism, allowed us to verify the absence of statistically significant differences between Groups I and II , the difference observed is in the dimension of Conscientiousness; We also found that there were no statistically significant differences between the two groups on levels of Anxiety , Depression and Stress.
Description: Orientador: João Pedro Oliveira  
URI: http://hdl.handle.net/10437/7241
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View
Temporario02.pdf 53.95Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account