As atitudes dos alunos do 2º e 3º ciclo em relação à inclusão dos seus pares com necessidades educativas especiais nas aulas de educação física - presença de alunos com necessidades educativas especiais na turma

DSpace/Manakin Repository

As atitudes dos alunos do 2º e 3º ciclo em relação à inclusão dos seus pares com necessidades educativas especiais nas aulas de educação física - presença de alunos com necessidades educativas especiais na turma

Show full item record

Title: As atitudes dos alunos do 2º e 3º ciclo em relação à inclusão dos seus pares com necessidades educativas especiais nas aulas de educação física - presença de alunos com necessidades educativas especiais na turma
Author: Florência, Nuno Saramago da
Abstract: O presente estudo denomina-se, As atitudes dos alunos dos 2º e 3º ciclo em relação à inclusão dos seus pares com NEE nas aulas de educação física – presença de alunos NEE na turma, sendo o objetivo principal verificar em que medida as atitudes (variável dependente) dos alunos dos 2º e 3º ciclo do Ensino Básico sem deficiência variam em função da presença dos alunos NEE (variável independente) face à inclusão dos seus pares com deficiência nas aulas de Educação Física, tendo por base as diferentes crenças. Estas crenças são baseadas na Teoria do Comportamento Planeado (TCP), sugerida por Ajzen (1991), onde estão associadas três tipos de crenças, crenças comportamentais (favoráveis e desfavoráveis), crenças normativas e crenças de controlo (interno e externo). Neste caso contou-se com uma amostra de 1899 alunos (N= 962, género feminino e N=937, género masculino), distribuídos pelos 2º e 3º ciclo com uma média de idades de (M=12.87; DP=1.53). Para a recolha de dados aplicou-se um questionário AID – EF, de avaliação das atitudes dos alunos sobre a inclusão dos seus pares com deficiência nas aulas de EF, da autoria de Leitão (2014), que utiliza uma escala de Likert de seis parâmetro, onde 1 corresponde a “Discordo Totalmente” e 6 “Concordo Totalmente”. O tratamento estatístico foi realizado inicialmente no programa Microsoft Office Excel e posteriormente através do programa SPSS, recorrendo ao Teste T-Student. Quanto aos resultados obtidos permite-nos concluir que em relação às crenças comportamentais favoráveis e desfavoráveis e crenças normativas as hipóteses em estudo 1, 2 e 3 não se confirmam, embora no caso das turmas com NEE as médias sejam ligeiramente mais baixas, nas crenças comportamentais favoráveis e desfavoráveis, nas crenças normativas as médias nas turmas com NEE são ligeiramente mais elevadas. Relativamente às crenças de controlo, interno e externo, confirmam-se as hipóteses de estudo 4 e 5, no caso das turmas com NEE as médias são mais baixas, onde as diferenças são estatisticamente significativas no que diz respeito às atitudes dos alunos sem deficiência perante a inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física.This study is entitled The demeanor of 2nd and 3rd cycle students in relation to the inclusion of their peers with SEN in physical education classes - presence of SEN pupils in the class, which purpose is to verify to what extent students demeanor (variable dependent) of 2nd and 3rd cycle of basic education without disabilities vary, depending on the presence of SEN pupils (independent variable), due to the inclusion of their peers with disabilities in physical education classes, based on different beliefs. These beliefs are based on the Theory of Planned Behaviour (TCP), suggested by Ajzen (1991), which are associated with three types of beliefs, behavioral beliefs (favorable and unfavorable), normative beliefs and control beliefs (internal and external). In this study it was used a sample of 1899 students (N = 962, female and N = 937, male gender), distributed by the 2nd and 3rd cycle, with an average age of (M = 12.87, SD = 1:53). For data collection it was delivered a AID questionnaire - EF, written by Leitão (2014), in order to evaluate students acceptance about the inclusion of their peers with disabilities in PE classes, using a Likert scale of six parameter where 1 is "Strongly Disagree" and 6 "agree". The statistical analysis was initially implemented in Microsoft Office Excel and later migrated to SPSS, using the T-Student test. As for the results obtained, they allow us to conclude that in relation to favorable and unfavorable behavioral and normative beliefs, the hypotheses in study 1, 2 and 3 are not confirmed. Despite the slightly lower approval rate regarding behavioral beliefs in the case study groups with SEN students, the approval rate is slightly higher regarding normative beliefs in classes with SEN. Regarding internal and external control beliefs, the study hypotheses 4 and 5 where confirmed. In the case of classes with special needs there is a significant lower acceptance regarding the inclusion of students with disabilities from their peers without disabilities in physical education classes.
Description: Orientação: Francisco Alberto Ramos Leitão
URI: http://hdl.handle.net/10437/7202
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
nuno_florencia_dissertação.pdf 1.093Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account