Qualidade de vida, satisfação e comunicação com a familia em idosos

DSpace/Manakin Repository

Qualidade de vida, satisfação e comunicação com a familia em idosos

Show full item record

Title: Qualidade de vida, satisfação e comunicação com a familia em idosos
Author: Correia, Mara Rute Roque
Abstract: O presente estudo teve como principal objectivo comparar idosos institucionalizados e não institucionalizados relativamente à qualidade de vida, à comunicação e satisfação com a família. Foi utilizada uma amostra de 100 idosos, dos quais 50 institucionalizados e 50 não institucionalizados, recolhida, em vários lares e centros de dia do conselho do Seixal e Setúbal. Os instrumentos utilizados foram além de um questionário sociodemográfico para caracterizar a amostra, o Whoqol-bref (World Health Organization Quality of life), uma escala da Organização Mundial de saúde para medir a qualidade de vida e, para estudar a comunicação e satisfação com a família foram utilizadas duas Sub-escalas do Faces IV, um instrumento que avalia o funcionamento familiar, a escala de Comunicação e a escala de Satisfação com a família. Os resultados mostraram que os idosos institucionalizados apresentam maiores níveis de qualidade de vida nas dimensões ambiental e das relações sociais e, tendencialmente os idosos não institucionalizados mostram-se mais satisfeitos com a família, sendo que na comunicação não houve diferenças significativas. Ainda no que toca à comunicação e satisfação com a família como contributo para a qualidade de vida, a satisfação com a família contribui para o aumento da mesma nas dimensões física e psicológica. Já nas dimensões das relações socais e ambiental é a comunicação que contribui para o seu aumento.This study aimed to compare the institutionalized elderly and not institutionalized in relation to quality of life, communication and satisfaction with family. A sample of 100 elderly, of which 50 institutionalized and 50 non-institutionalized, collected in several homes and day centers council of Seixal and Setúbal. The instruments used were beyond a sociodemographic questionnaire to characterize the sample, the WHOQOL-bref (World Health Organization Quality of life), a World Health Organization scale for measuring the quality of life; and to study the communication and satisfaction with family was used two sub-scales Faces IV, an instrument that assesses family functioning, the communication and the satisfaction scale with family. Results showed that the institutionalized elderly have higher levels of quality of life in environmental dimensions and social relations and not institutionalized elderly are more satisfied with family, communication with family there are significant difference. In relation to communication and satisfaction with family as a contribution to the quality of life, Satisfaction with family contributes to improving the quality of life in physical and psychological dimensions, in the dimensions of the relationships and social and environmental is the communication that contributes to its increase.
Description: Orientação : Cristina Camilo
URI: http://hdl.handle.net/10437/7157
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View
tese final 1 MARA pronta.pdf 903.1Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account